LANCE!
12/11/2016
19:20
Bragança Paulista (SP)

Em Bragança Paulista, o Vasco bateu o Bragantino por 2 a 1, neste sábado, e ficou perto do retorno à Série A. Nenê e Thalles marcaram os gols do Cruz-Maltino e receberam as maiores notas do LANCE! no jogo. Veja abaixo as avaliações para os jogadores e técnicos de ambos os times.

ATUAÇÕES > VASCO
Felipe David (reportervasco@lancenet.com.br)

5,5
Jordi
Não conseguiu dar segurança ao gol da equipe. Inseguro nas saídas de bola, por pouco não comprometeu o resultado.

5,0
Madson

Vacilou na marcação no lance em que foi marcado o pênalti duvidoso a favor do Bragantino. Errou alguns cruzamentos.

6,0
Rodrigo

Não falhou, mas precisa se acalmar em campo, evitar reclamações desnecessárias que resultam em cartões.

6,5
Luan

Mais uma vez seguro, trabalhou bem a saída de bola. Ao lado de Rodrigo, fez com que a equipe não sofresse muito perigo.

5,5
Júlio César

Fraco no setor defensivo e inconsistente no apoio, não vive boa fase há algum tempo. Deu espaços em campo.

6,0
Diguinho

Mostrou disposição como sempre. Conseguiu se antecipar bem em alguns lances, e foi efetivo na marcação.

5,5
Bruno Gallo

Mostrou nervosismo em campo. A exemplo do jogo anterior, mais uma vez errou muitos passes e cedeu espaços no meio.

6,5
Douglas

Participou bem das jogadas de ataque. Fez boas tabelas com Éderson. Numa delas, acertou o travessão adversário.

7,0
Nenê

Teve grande desempenho em campo. Além de quebrar jejum de 11 de jogos sem marcar, participou do gol de Thalles.

6,0
Ederson

Buscou a bola, se posicionando bem para os lances decisivos, mas pecou nas tentativas em que teve de finalizar para o gol.

7,0
Thalles

Teve grande desempenho em campo. Além do oportunismo no gol, teve outro tento anulado e deu trabalho à zaga rival.

5,5
Yago Pikachu

Entrou no lugar de Éderson com o objetivo de aumentar a posse de bola do time. E levou perigo ao gol adversário.

5,5
Julio dos Santos

Entrou no segundo tempo para recompor o setor de meio-campo e não comprometeu.

5,5
Rafael Marques

Substituiu Luan, lesionado, no fim do jogo, e manteve a segurança no setor defensivo.

6,5
Técnico: Jorginho

Apostou na escalação de Thalles. Seu time cresceu de produção na etapa final. Teve mérito ao não recuar o time.

ATUAÇÕES > BRAGANTINO
Felipe David (reportervasco@lancenet.com.br)


6,5
Renan Rocha

Conseguiu fazer defesas importantes. Sem culpa nos gols.

4,5
Juliano

Fraco no apoio e na defesa.

5,5
Lucas Rocha

Fez o que pôde para tentar anular o ataque vascaíno.

5,5
Diego Sacoman

Mostrou segurança na defesa. Participou do lance que originou o pênalti para o seu time.

5,0
Fabiano

Errou alguns cruzamentos no apoio ao ataque. Anulou Madson.

5,5
Everton Dias

Demorou a tomar decisões em campo. Nervoso no combate.

5,0
Edson Sitta

Tentou fazer transição com rapidez, mas não obteve êxito.

4,5
Gabriel Nunes

Irreconhecível. Teve atuação muito apagada.

5,5
Vitor Hugo

Outro que tentou buscar a bola para dar velocidade. Sem êxito.

5,5
Anderson Ligeiro

Tentou imprimir velocidade e incomodou a defesa vascaína.

6,0
Rafael Grampola

Autor do gol de seu time, movimentou-se bem, mas cansou.

5,0
Claudinho

Entrou no segundo tempo na tentativa de dar pressão à zaga vascaína.

5,5
Lincom

No pouco tempo em campo, mostrou-se nervoso e pouco produziu.

4,5
Dodô

Afobado, pouco acrescentou em campo após substituir Grampola.

5,0
Técnico: Estevam Soares

Lançou o time ao ataque no desespero, de qualquer jeito.