HOME - Tigres x Vasco - Campeonato Carioca - Thalles e Yago Pikachu (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Thalles e Yago Pikachu comemoram um dos gols do triunfo do Vasco no Carioca (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Patrick Monteiro
05/03/2016
21:05
Rio de Janeiro (RJ)

Em um duelo que pouco valia para as duas equipes, o Vasco começou bem, oscilou, mas deu tranquilidade ao seu torcedor no fim do jogo. Assim, mesmo sem ambições e um pouco sonolento, o Cruz-Maltino venceu o Bonsucesso por 3 a 1, no Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias, encerrando sua participação na primeira fase do Campeonato Carioca invicto e com a liderança do Grupo A. Thalles, com dois gols e uma assistência, foi o melhor em campo. Rodrigo e Jorge Henrique, por outro lado, decepcionaram. Veja as notas.

VASCO

5.5
Martín Silva
A maioria das ameaças à sua meta foi em lances em que nada podia fazer. Realizou uma boa defesa na etapa inicial.

5,5
Madson
Foi bem em algumas jogadas de recuperação. No geral, esteve melhor na defesa do que no apoio ao ataque.

5,5
Jomar
Começou bem nas intervenções, mas se contaminou com a atuação da defesa, que deu espaços para o adversário.

4,5
Rodrigo
Desligado do jogo, permitiu com que o Bonsucesso, mesmo sem qualidade, chegasse à área vascaína e levasse perigo.

6,0
Julio Cesar

Participou de três gols: dois a favor do Vasco, com bons passes, e um para o oponente, ao não acompanhar o rival.

5,0
Marcelo Mattos
Acabou sendo um ponto negativo no meio de campo, mesmo em uma partida de pouco desafio técnico.

5,5
Julio dos Santos
Bem nos passes, bobeou num lance fácil que poderia ter resultado em gol e deixou a desejar defensivamente.

6,5
Nenê
Estava apagado, até aparecer para fazer um golaço, encobrindo o goleiro Léo. Também aplicou um lindo drible em campo.

5,0
Jorge Henrique
Correu, mas não passou disso. Não levou perigo ao gol de Léo. Teve a participação menos importante no ataque.

7,5
Thalles
Dominou e girou bonito para fazer o primeiro, deu ótimo passe de peito para Nenê anotar o segundo e fez o terceiro.

5,5
Eder Luis
Apareceu poucas vezes. Quando melhorou, sofreu uma torção no tornozelo direito e teve que deixar o campo.

5,5
Yago Pikachu
Entrou após o intervalo e logo foi apresentando uma série de furadas. Contudo, participou bem do último gol vascaíno

5,0
Caio Monteiro
Teve metade do segundo tempo para mostrar serviço. Não conseguiu e não comprometeu.


Evander
Restando cinco minutos para o apito final, entrou na partida. Pouco pôde contribuir em sua estreia.

5,5
Jorginho
O Vasco oscilou em campo, dominou um time frágil e, no fim, tranquilizou os torcedores com o terceiro gol. 

BONSUCESSO


5,5
Léo
Precisou se virar numa defesa pouco eficiente. Teve relativo sucesso.

5,5
Rossales
 
Era boa opção no ataque. Mas deu espaços no seu setor na defesa.

6,0
Gustavo Rambo
 
Realizou desarmes certeiros. Foi o melhor no setor.

4,0
Anderson
Escorregou quando deveria fazer o corte. Atuação ruim.

4,5
Thiaguinho
Discreto, pouco ajudou sua equipe a conseguir algo melhor.

5,5
Dieguinho

Cometeu erros, porém soltou uma bomba que Martín espalmou.

5,5
Julinho
Mostrou habilidade em alguns momentos. Sem eficiência.

6,0
Breno
Acertou a trave de Martín Silva e cobrou uma falta com perigo.

4,5
Marcos Junior

Sem contribuição coletiva para o time. Apagado em campo.

6,0
Matheus Salgado

Encarou a zaga e deixou seu xará livre para marcar.

6,5
Matheus Pimenta

Melhor do Bonsucesso, fazendo jus ao sobrenome e "apimentando" o jogo. Foi contemplado com um gol.

5,0
Geovani
Substituiu Salgado, que estava bem, mas não conseguiu manter.

5,5
Renan
Conseguiu arriscar um chute, depois que entrou. Foi sua contribuição.


Júlio César Pit
Só teve cinco minutos para mostrar alguma coisa.

5,0
Mário Marques
No início, parecia que levaria uma goleada, equilibrou as forças, mas tirou alguns dos melhores de seu time nas substituições.