Vinicius Faustini
05/02/2017
20:06
Rio de Janeiro (RJ)

Não foi fácil, mas o Vasco conseguiu a virada na etapa final sobre o Resende, neste domingo, em São Januário. Os nomes do triunfo por 2 a 1 foram Martin Silva e Thalles. O goleiro fez boas defesas e evitou mais gols dos visitantes. Na etapa final, o atacante, decisivo, selou a vitória. Confira, abaixo, as notas do L!

VASCO


7,5
Martin Silva

Não teve culpa no gol. Fez defesas providenciais que evitaram até uma
derrota, e ousou até ao sair como zagueiro aos pés de Rogerinho.

6,0
Yago Pikachu 

Preciso no cruzamento para o gol de Escudero, teve bons avanços.
Porém, continua a ter falhas na recomposição à defesa.

5,5
Rodrigo

Teve altos e baixos na tentativa de conter o ímpeto do Resende. Não
contribuiu para a equipe se organizar defensivamente.

4,5
Luan

Chegou atrasado e permitiu que Kyros marcasse seu gol, e teve falhas
bobas. Evoluiu um pouco na etapa final.

4,0
Alan

Hesitante no combate, deu brechas para os avanços e cruzamentos de
Muriel. Lutou na frente, mas o pé não estava calibrado.

5,5
Bruno Gallo

Teve erros de passe e alternou bons e maus momentos no combate. Não
foi preciso quando avançou.

3,5
Evander

Displicente, complicou-se e expôs a equipe nos vários momentos em que
precisou marcar. Confuso nos momentos em que criou jogadas.

5,5
Guilherme Costa

Tentou avanços e teve boa chance de marcar na etapa inicial. Aos poucos,
foi sumindo no segundo tempo.

7,0
Nenê

Mais lúcido da criação, iniciou a jogada do gol de Escudero e ainda
carimbou a trave em uma cobrança de falta. Lutou muito.

6,5
Escudero

Mostrou oportunismo para marcar seu gol. Foi mais participativo do que
em outras partidas. Sacrificado na lateral no fim, teve altos e baixos.

7,0
Thalles

Persistente, teve senso de colocação e oportunismo para marcar o gol da
virada do Cruz-Maltino. Buscou o jogo também fora da área.

6,0
Rafael Marques

Chegou a causar apreensão no primeiro lance que tentou. Porém, aos
poucos, se encontrou no jogo e não comprometeu.

6,0
Jean

Em sua estreia no Vasco, entrou e ajustou a proteção à defesa. Procurou
fazer o "feijão com arroz".

6,5
Muriqui

Nos poucos minutos em campo, deu passe preciso pela direita para o gol
de Thalles. Levou a melhor nos duelos com a zaga adversária.

6,5
Técnico: Cristovão Borges

Corrigiu a desproteção à zaga, e viu suas alterações levarem o Vasco à
vitória. Mas a equipe ainda precisa de ajustes para não levar sufoco.

RESENDE

5,5
Arthur
Sem culpa nos gols. Bem ao salvar cruzamentos na etapa inicial.

6,0
Muriel
Cruzou com precisão para o gol de Kyros. Caiu na etapa final.

5,0
Leandrão
Permitiu que Escudero surgisse livre para marcar.

4,5
Thiago Salles
Vinha bem nas divididas, até hesitar diante de Thalles.

4,0
Dieyson
Deixou espaços para o Vasco chegar à virada.

5,0
Chacal
Oscilou no combate.

5,5
Vitinho
Chegou a ir ao ataque em alguns momentos. Depois, sumiu no jogo.

5,0
Rogerinho
Pouco efetivo ao ir à frente, fez falta boba em Martín Silva.

5,5
Marcel
Após iniciar o jogo com frequentes avanços, caiu de rendimento.

6,5
Kyros
Voluntarioso, teve senso de colocação para marcar o gol do Resende.

6,0
Jhulliam
Deu trabalho à zaga do Vasco, em especial na etapa inicial.

4,5
Yago
Não deu fôlego novo ao ataque.

5,0
Cássio
Atrapalhou-se ao tentar conter o ímpeto cruz-maltino.

4,5
Wandinho
Não fez o Resende ter ímpeto ofensivo para tentar o triunfo.

5,0
Técnico: Ademir Fonseca
O Resende soube jogar de igual para igual na etapa inicial. Porém, não teve fôlego para se reencontrar após o gol de Escudero.