Primeiro treino com bola do Vasco em 2016 (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

O  (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

LANCE!
03/02/2016
09:00
Rio de Janeiro (RJ)

O tempo é capaz de fazer com que os erros da vida sejam corrigidos e as lições proporcionadas, aprendidas. No Vasco, essa afirmação se faz valer desde o ano passado. O 2015 no clube foi de muitas falhas no início do Campeonato Brasileiro, o que fez o clube sofrer o rebaixamento. Para 2016, o técnico Jorginho trabalha o psicológico do elenco, mantendo o ânimo final para resgatar a equipe.

Um dos nomes mais experientes do elenco, o zagueiro Rodrigo comentou sobre esta situação. Aos 35 anos, ele já passou por algumas situações de falhar e aprender as lições ao longo da carreira. No Vasco de 2016, já a partir do Campeonato Carioca, ele quer colocar à prova os aprendizados já vividos por ora.

– Levamos um golpe no ano passado e deixamos para correr no final do Campeonato Brasileiro, não conseguindo nossos objetivo. A única coisa boa foi resgatar uma equipe que estava muito mal. Muitos falam que o Estadual não serve, mas para mim serve muito – afirmou o zagueiro Rodrigo, antes de completar sobre as mudanças de um ano para outro:

– O que realmente mudou na mentalidade de nosso grupo é que sabemos o que queremos para esse ano, que é jogar em nível altíssimo. Aprendemos com os erros que cometemos ao longo do tempo. Demoramos para entrar no Brasileirão ano passado e acabou acontecendo o que todos já sabem (o rebaixamento).

Neste momento de reconstrução, o Vasco conta com o apoio de seu torcedor. Para isso, na tarde desta quarta-feira, faz o lançamento de seu programa de sócio-torcedor, com a presença do presidente Eurico Miranda e participação direta de Nenê, maior nome da equipe e que recentemente renovou o contrato até o final de 2018. Espera-se que o torcedor corresponda.

Internamente, este trabalho comandado pela comissão técnica de Jorginho vem agradado os jogadores e a própria diretoria do clube. Em campo, na estreia no Campeonato Carioca diante do Madureira, conseguiu colocar em prática tudo o que tinha sido planejado, resultando na vitória por 4 a 1. Nesta quinta-feira, diante do América, será mais uma chance de provar que as lições foram aprendidas e os erros esquecidos.