Eurico puxando casaca

Eurico puxando grito de casaca (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Matheus Babo
24/03/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Projeto antigo da diretoria, o Gigante, programa de sócios-torcedores do Vasco, finalmente saiu do papel. Na próxima segunda-feira, o clube iniciará o cadastramento dos quase 35 mil pré-inscritos desde o lançamento em fevereiro. Em busca de novas fontes de receitas após a saída de patrocinadores como a Viton 44 e a dificuldade na negociação com a Caixa, a diretoria recorreu a quem nunca deixou o Cruz-Maltino na mão: a torcida.

E a resposta foi imediata. Pouco mais de um mês após o lançamento, a torcida aderiu em peso ao programa e chegou a surpreender o departamento de marketing do clube. No entanto, a diretoria trabalha com cautela e espera pela início do real cadastramento para se ter ideia do número que vai trabalhar.

- Esse número nos surpreendeu após o lançamento. Foram aproximadamente 35 mil pré-cadastrados e isso e muito bom. Sabíamos do tamanho e da força da torcida, mas agora que vamos confirmar o número próximo do que teremos que trabalhar. Muitos desses pré-cadastrados acabam não se cadastrando realmente. Na segunda-feira vamos ver o que teremos ao certo - explica o vice-presidente de marketing, Marco Antônio Monteiro.

A ideia da diretoria é ter uma noção de quanto vai arrecadar com o sócio-torcedor em um ano. Segundo Marco Antônio Monteiro, é preciso que os torcedores passem por uma processo de adaptação do novo programa. Além do torcedor que está próximo do clube, a aposta no plano "De Norte a Sul", para os vascaínos de fora do estado, também é grande:

- O mercado está muito ruim. E ruim para todo mundo. Esse plano é muito importante e nós vamos ter um processo de maturação dele de um ano. Acreditamos que o auge dele será em abril, maio do ano que vem. Este é o tempo que o torcedor do Rio de Janeiro terá para se adaptar ao programa, as redes de vantagem, a facilidade para entrada em São Januário. E o tempo que o torcedor de fora do Rio também terá para conseguir se habituar com o plano feito para eles. O plano deles é R$ 14,90, bem barato. Queremos que o vascaíno de fora do estado utilize o cartão do Vasco como milhagens. Aproveite bem a rede de vantagens.

Palmeiras como exemplo

O "Gigante", programa de sócio-torcedor do Vasco é gerido pela mesma empresa que cuida do "Avanti", que é do Palmeiras. A FutebolCard foi procurada pela diretoria cruz-maltina após uma pesquisa do departamento de marketing do clube, que indicou que o programa palmeirense era o que mais se encaixava com o perfil dos vascaínos, como revela o vice de marketing:

- Nós pesquisamos nove planos de sócio-torcedor pelo Brasil. O mais adequado foi o do Palmeiras. Por isso acertamos com a FutebolCard. O programa é basicamente o mesmo, com adequações para o torcedor vascaíno e na questão de Rio e São Paulo.