Nenê perdeu pênalti, e Vasco ficou no empate (Wagner Meier/LANCE!Press)

Meia Nenê se desculpa após perder pênalti contra o Volta Redonda (Wagner Meier/LANCE!Press)

LANCE!
03/04/2016
19:46
Rio de Janeiro (RJ)

Uma cena inédita aconteceu neste domingo, em São Januário, contra o Volta Redonda: Nenê perdeu um pênalti atuando pelo Vasco. Foi a primeira em 10 cobranças desde que chegou à Colina, em meados do ano passado. Ao deixar o gramado, o meia não escondeu a frustração pela falha, que influenciou diretamente no placar do jogo.

– Muito frustrado por causa disso, mas faz parte do futebol. Não chutei tão bem. A gente não vai acertar para sempre, mas tem de ter essa responsabilidade. Eu sou o primeiro a me cobrar quanto a isso. Se faço o gol, a gente ganha o jogo. Não digo que a culpa é minha, mas grande parte é. Estou frustrado e puto, mas é uma coisa que acontece – ressaltou o jogador, que completou:

– O goleiro está de parabéns também. Ele é muito grande e esperou. Mérito dele.


O pênalti foi sofrido por Yago Pikachu, aos 16 minutos do segundo tempo, quando o Vasco ganhava por 1 a 0, com gol do próprio Nenê. O Volta Redonda chegou ao empate aos 28 minutos da etapa final.

A última penalidade desperdiçada por Nenê foi em 2011, quando ainda atuava no PSG (FRA), em jogo contra o Athletic Bilbao (ESP), válido pela Liga Europa.

– Ele não bate junto à rede. Pude esperar até o fim. Ele bateu quase no meio e consegui pegar – disse o goleiro Mota, que ganhou a camisa de Nenê após o jogo.