icons.title signature.placeholder Felippe Rocha e João Matheus Ferreira
icons.title signature.placeholder Felippe Rocha e João Matheus Ferreira
23/08/2015
18:57

O Vasco não demorou a agir após a invasão de dois torcedores no gramado do Serra Dourada na derrota do último sábado. Diante do risco de uma punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a diretoria se movimentou ainda no estádio. Em contato com o LANCE!, o gerente de futebol, Paulo Angioni, afirmou que o "clube tomou as devidas providências". Ele ressaltou ainda não ter havido agressão.

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira relatou o ocorrido na súmula. Os dois invasores foram enviados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim), o boletim de ocorrência foi feito e o documento será entregue à CBF. O artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por exemplo, fala sobre "deixar de tomar previdências para evitar invasão" e pode, sim, punir o time visitante.

Neste mesmo Campeonato Brasileiro, o Vasco recebeu um jogo de punição pela bomba arremessada por um torcedor no gramado de São Januário. Foi na partida contra o Cruzeiro. A punição foi cumprida no estádio Mané Garrincha, em partida que já estava sendo negociada para ser em Brasília

E MAIS:
> Jorginho condena invasão de torcedores do Vasco ao gramado
> L! Com a palavra: 'Quando tudo dá errado, resta torcer por um milagre'

O Vasco não demorou a agir após a invasão de dois torcedores no gramado do Serra Dourada na derrota do último sábado. Diante do risco de uma punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a diretoria se movimentou ainda no estádio. Em contato com o LANCE!, o gerente de futebol, Paulo Angioni, afirmou que o "clube tomou as devidas providências". Ele ressaltou ainda não ter havido agressão.

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira relatou o ocorrido na súmula. Os dois invasores foram enviados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim), o boletim de ocorrência foi feito e o documento será entregue à CBF. O artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por exemplo, fala sobre "deixar de tomar previdências para evitar invasão" e pode, sim, punir o time visitante.

Neste mesmo Campeonato Brasileiro, o Vasco recebeu um jogo de punição pela bomba arremessada por um torcedor no gramado de São Januário. Foi na partida contra o Cruzeiro. A punição foi cumprida no estádio Mané Garrincha, em partida que já estava sendo negociada para ser em Brasília

E MAIS:
> Jorginho condena invasão de torcedores do Vasco ao gramado
> L! Com a palavra: 'Quando tudo dá errado, resta torcer por um milagre'