Jorginho e Zinho - Vasco x Santos

Jorginho comentou sobre a eliminação (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

David Nascimento
22/09/2016
01:27
Rio de Janeiro (RJ)

O empate do Vasco com o Santos foi marcado por polêmicas de arbitragem na noite desta quarta-feira, em São Januário. O resultado de 2 a 2 - que eliminou os vascaínos da Copa do Brasil - foi comentado pelo técnico Jorginho citando um pênalti não marcado e o fato de Alan ter sofrido falta no lance que originou o gol contra de Rodrigo. O comandante ainda elogiou a torcida.

- Quero destacar a torcida do Vasco. Foi de emocionar. A força que nos deram foi sensacional. É o ponto alto. Sobre a arbitragem, foi confusa. É difícil colocar a culpa no árbitro, mas foram lances decisivos. Depois de tomar um gol, tivemos um pênalti claro. Depois, sofremos o gol de empate, que desestabilizou a equipe, em uma falta claríssima no Alan - disse o comandante em entrevista coletiva após a partida antes desabafar sobre punição a árbitros:


- Estamos sofrendo muito com a arbitragem desde o ano passado. Descemos com a questão de interpretação, desde o jogo contra a Chapecoense. Mas são seres humanos. A diretoria é mais enérgica, mas eu sou treinador, sei o quanto é difícil tomar decisão. Mas é fato que descemos para interpretação por conta de erros e podíamos ter passado pelo Santos se não fossem os erros que falei. Esses árbitros precisam ser profissionais, não viver de outras coisas.

Os jogadores do Vasco voltam a treinar na tarde desta quinta-feira, em São Januário. O próximo compromisso, pela Série B do Campeonato Brasileiro, será no sábado, diante do Atlético-GO, novamente no estádio.