HOME - América-RJ x Vasco - Campeonato Carioca - Voleio de Riascos (Foto: Wagner Meier/LANCE!Press)

Riascos marcou um golaço de voleio (Foto: Wagner Meier/LANCE!Press)

Matheus Babo
05/02/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco iniciou a temporada priorizando a contratação de um camisa 9. Se alguém contasse pro torcedor no ano passado que após duas rodadas do Carioca, o colombiano Riasco seria o titular da posição no time de Jorginho e artilheiro do Campeonato Carioca ao lado de Fred, com três gols, poucos acreditariam. Mas a boa fase não veio do nada. Neste ano, Riascos fez uma pré-temporada, tem muito apoio da comissão técnica e ouviu conselhos nos treinamentos de um ex-atacante que fez muito sucesso em São Januário: Valdir Bigode.

- Espero que ele continue acreditando no potencial dele, assim como nós da comissão técnica. Nunca desacreditei nele. É um jogador que bate bem com as duas. Cabeceia bem, tem muita força física. Quero ressaltar o trabalho sensacional que o Valdir (Bigode, auxiliar-técnico) tem feito com ele. São atividades de posicionamento, movimentação, finalização. Espero cada vez mais, que ele melhore o nível técnico e faça ainda mais gols - disse o técnico Jorginho, após o jogo.

Riascos mostrou que estava querendo mudar a imagem dos primeiros seis meses no Vasco já na pré-temporada. Durante o período de treinamentos em Pinheiral, ele mostrou um bom desempenho e sempre foi o titular de Jorginho. Período que ele não teve em 2015 e que exaltou após os dois gols na estreia diante do Madureira, quando o time venceu por 4 a 1.


E o colombiano realmente vive um momento bom. Se no ano passado a relação com a torcida era de ódio, neste ano, é de amor. Carismático, o camisa 9 vai pra galera sempre que faz os gols. As danças irreverentes também chamam atenção, principalmente pela forma como eles são feitas. Mais famosa delas, o "gusanito" (que é quando o atacante comemora rastejando no chão), foi repetida após o golaço de voleio nesta quinta. E vinha sendo muito cobrada por Jorginho na temporada passada.


Com contrato de empréstimo até maio, Riascos tem um valor fixado pelo Cruzeiro (dono dos seus direitos econômicos) em 2 milhões de dólares (cerca de R$ 8 milhões). Atualmente, o Vasco desconversa sobre a possibilidade de exercer ou não esse direito.