Sulamericano

Sulamericano, o melhor na principal prova da jornada carioca – Foto: Gerson Martins

Fernando Lopes
22/08/2016
21:01

Comprovando a excelente forma, em suas últimas cinco apresentações este é seu terceiro êxito, Sulamericano acaba de vencer a Prova Especial Pico Central. A carreira, uma homenagem do JCB ao fantástico Pico Central, animal que conseguiu vencer os cavalos americanos naquelas que são suas maiores especialidades, as provas de tiro curto nas pistas de areia e polytrack, foi disputada em 1.200 metros, pista de areia encharcada e atração maior da reunião desta segunda-feira, 22 de agosto, no Hipódromo da Gávea.

Já conhecidas as deserções de Apito Sim e Jaguaré, dez competidores alinharam e tiveram excelente largada. Instigado por Alex Mota, Cantos Y Cuentos tomou a ponta com Thanks Red em segundo. Logo, os dois animais mais categorizados da competição, Chronnos – dono de 10 vitórias em pista de areia e favorito do público apostador – e Comandante Dodge – único vencedor de G1 do campo (GP Major Suckow) – passaram pelo animal do Stud Barreiro e foram atrás do ponteiro. Sulamericano acompanhava a carreira na sexta colocação.

Em plena reta final, logo Cantos Y Cuentos mostrou que não teria “patas” para vir até o disco na frente, mas ainda mantinha a primeira colocação. Diferentemente de outras performances, Chronnos também não mostrava forças para vencer mais uma e, apesar de exigido por Carlos Lavor, “pulava no mesmo lugar”. Comandante Dodge mostrou força, assumiu a dianteira, colou na cerca e chegou até a dar fila de vitória.

Todavia, muito bem trazido por Vagner Borges e atravessando excelente fase de treinamento, Sulamericano apareceu com ótima ação pelo meio de pista. Engrenado, Sulamericano passou pelo poderoso rival e galopou para o disco, em triunfo bastante convincente. Comandante Dodge formou a dupla. Shinkansen atropelou para tomar o terceiro lugar de Cantos Y Cuentos. Itauba Sarge completou o marcador remunerado. Pela 1ª vez em sua campanha, na raia de areia, Chronnos não finalizou nas duas principais posições do placar, terminando no sétimo posto.

Preparado na Gávea e apresentado em forma soberba pelo excelente Ronaldo Marins Lima, e pilotado com a categoria habitual pelo tricampeão Vagner Borges, Sulamericano é um 5 anos, filho de First American e Face To Face, por Burooj, de criação e propriedade para Agro Pastoril e Haras São Luiz Ltda. Na sua quinta conquista (três na Gávea e duas em Cidade Jardim), em 23 atuações, Sulamericano parou os cronômetros em 1min12s51.