Fidedigno

Fidedigno, de bandeira a bandeira o melhor - Foto: Gerson Martins

Fernando Lopes 
11/09/2016
17:37

De ponta a ponta, sem dar impressão de perder em parte alguma do percurso, Fidedigno acaba de vencer, pelo segundo ano consecutivo, o Grande Prêmio João José e José Carlos de Figueiredo (G3), O páreo, um dos destaques do Festival da Independência neste domingo, 11 de setembro, no Hipódromo da Gávea, foi disputado em 1.600 metros, pista de grama leve.

Com os forfaits de Daniel Boone e Perfect Event, partida boa para os dez concorrentes. Voluntarioso, logo Fidedigno saiu da linha nove para a um e tomou conta do páreo. Doctor Kentucky, Ivanhoé, Dog Day, Campeoníssimo, Orpheus, Kabulaw, Barão da Serra e Paint Naif vinham na sequência. Livre do já citado Perfect Event, Fidedigno pode galopar à vontade e “respirar” na frente, economizando fôlego para a hora decisiva. Ivanhoé e Campeoníssimo tentavam não deixar o ponteiro escapar demais.

Na hora em que o filho choira e mão não vê, Fidedigno tinha, três, quatro corpos na frente do pelotão e seu jóquei ainda vinha quieto. Pela linha um, Campeoníssimo arrumou excelente passagem e veio dar caça ao ponteiro. Entretanto, Fidedigno tinha reservas. Na energia de Marcelo Almeida, Fidedigno manteve com sobras a ponta, em êxito autoritário. Campeoníssimo vinha com a dupla aparentemente assegurada, mas no último pulo, Céu de Brigadeiro roubou-lhe a posição. Orpheus, que ficou grande parte da reta sem passagem, e Dog Day ficaram com os quarto e quinto lugares, respectivamente.

Apresentado sob a responsabilidade de J.C.Batista (2º Gerente do ótimo Edson Ricardo), Fidedigno é um 5 anos, filho de Forestry e Frieda Benz, criado por Julio Rafael de Aragão Bozano e defensor do Stud Dona Lúcia. No seu quinto êxito, o terceiro clássico e o segundo nesta prova, Fidedigno parou os cronômetros em 1min33s33.