sr

Calle di Rose recebeu tranquila direção de Vagner Leal - Foto: Sylvio Rondinelli

Fernando Lopes
07/08/2016
16:40

Mostrando perfeita adaptação à distância e confirmando in totum a iniciativa de seu treinador em estendê-la, Calle di Rose, de ponta a ponta, acaba de vencer a Prova Especial Courageuse. A carreira, uma das atrações da reunião deste domingo (o 2º da Olimpíada Rio 2016 na Cidade Maravilhosa), 07 de agosto, no Hipódromo da Gávea, foi disputada em 2.000 metros, pista de grama leve com 10 metros de cerca móvel na reta final (8 metros na reta oposta).

Com apenas seis competidoras anotadas, partida excelente para todas as competidoras. Voluntariosa e vindo de correr na ponta em distância menores, óbvio que Calle di Rose assumiu logo o comando das ações. Delta Fox, Lady Marilan, Energia Heaven, Ekans e Dust Cup vinham na sequência. Sem ser incomodada, Calle di Rose mostrava o caminho às adversárias com folga de dois corpos (ou seja, “respirando” para a hora decisiva). Energia Heaven passou para terceiro na grande curva e tentou ensaiar aproximar-se das duas primeiras, que seguiam Calle di Rose e Delta Fox. Lady Marilan, Ekans e Dust Cupo eram as próximas.

Na hora da verdade, com Vagner Leal (que dosou o ritmo de forma perfeita) apenas acompanhando o galão, Calle di Rose mantinha dois corpos sobre as adversárias, que já vinham tocadas e exigidas por seus pilotos. Ajustada e “chupada no beiço” por seu piloto, Calle di Rose correspondeu plenamente e galopou até o disco, em vitória insofismável. Energia Heaven formou a dupla, com Lady Marilan na terceira colocação. Delta Fox e Dust Cup completaram o marcador. Ekans fechou a raia.

Apresentada de forma soberba pelo competente e vitorioso Luiz Esteves, Calle di Rose é uma égua de 4 anos, filha de Artax e Que D’Une Rose, por Wild Event, criação e propriedade para o Haras Nijú. Na sua quarta vitória, em seis apresentações, Calle di Rose parou os cronômetros em 2min02s75.