icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2014
10:05

Logo após a derrota para o Ituano na final do Paulistão, Zinho, gerente de futebol do Santos, afirmou que o clube não iria contratar muitos jogadores e que buscaria reforços “tops”. Porém, até agora o clube não fechou com nenhuma estrela e tem enfrentado dificuldades financeiras para qualificar o elenco para o Brasileiro.

Mesmo assim, Zinho reforça o que disse, embora faça a ressalva de que não descarta reforços modestos.

– O objetivo é qualificar o elenco. Um jogador de peso é o que vai causar impacto na imprensa, para o nosso torcedor vir aos jogos, a própria mídia acreditar mais no times e essas situações positivas ajudam, causam impacto até para o adversário. Isso não quer dizer que desprezaremos um jogador menos reconhecido mas que a gente acredite que tem talento e é viável para o clube, estamos abertos sim. Estamos observando. Teve o Vargas, Diego... queremos reforços com esse potencial, sem desmerecer um jogador jovem. Mas temos gente boa aqui também – afirmou.

Antes da Copa, o Peixe contratou o zagueiro Bruno Uvini e o volante Renato. Na pausa, chegaram o volante Souza e o lateral Victor Ferraz.

Apesar das poucas contratações, Zinho acredita que o Peixe pode almejar coisas grandes no Brasileirão.

- O Santos é muito grande, tem que pensar alto, ficamos nos preparando 30 dias... Estamos confiantes que a equipe já começou bem e a evolução vai ser ainda maior. Queremos, sim, buscar título, o Santos tem um elenco muito bom e é muito grande - comentou.