icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2014
18:16

A possibilidade de Robinho voltar ao Santos segue em pauta nos lados da Vila Belmiro. Nesta terça-feira, Zinho, gerente de futebol do Peixe, concedeu entrevista coletiva e respondeu a diversas perguntas sobre o assunto. Ele reforçou o interesse em repatriar o ídolo, mas mostrou cautela quanto a negociação e apontou as dificuldades em realizar o sonho.

Assim como o técnico Oswaldo de Oliveira, o dirigente afirmou que Robinho seria a "cereja do bolo" do time.


- O Robinho é muito vitorioso, tem a cara do Santos, sou fã dele. É sempre um sonho você ter um jogador desse nível, mas nosso próprio presidente (Odílio Rodrigues) disse que o que inviabiliza é a parte financeira. Mas querer nós sempre queremos ter um jogador desse nível - disse.

- Claro que temos interesse, quem não tem? Mas não é só isso, a parte principal é a financeira. Pelo talento, qualidade, repercussão, seria a cereja do bolo, mas só (seria possível contratá-lo) com uma parceria, porque o clube não arcaria com isso - completou Zinho.

O Rei do Drible está negociando sua ida do Milan (ITA) para o Orlando City, dos Estados Unidos, mesmo time que contratou Kaká. Como a equipe americana só estreia na liga nacional em março do ano que vem, a ideia é contratar Robinho agora e emprestá-lo a um clube brasileiro até dezembro, como com o que foi feito no negócio do meia com o São Paulo.

O atacante pede cerca de R$ 800 mil mensais, além de uma comissão de R$ 450 mil pelo negócio.

- O Robinho é santista, é da cidade, o Santos o revelou... Com certeza ele gostaria de vir, como nós gostaríamos, mas não é só esse fato que soluciona a negociação - destacou o gerente do Peixe.