icons.title signature.placeholder Amélia Sabino, Carlos Alberto Vieira e Leo Burlá
05/12/2013
12:04

No que depender do francês Zinedine Zidane, sua seleção seria contemplada com uma chave difícil na Copa do Mundo. Na Costa do Sauípe, local do evento, o auxiliar do Real Madrid defendeu seu ponto de vista.

Para ele, seria importante que a França entrasse em um grupo com grandes equipes.

- Gostraria que eles entrassem em grupo díficil, para que não digam que jogamos só contra as equipes menores. Queremos que a França jogue contra os melhores, não tenho medo de ver a frança enfrentando equipes dificeis - afirmou.

O 'desejo' do campeão mundial pode se concretizar. Como a França não é uma das cabeças de chave do torneio, a equipe estará colocada no pote 4 do sorteio. Deste pote, uma das equipes será sorteada e integrará, obrigatoriamente, o grupo de Brasil, Argentina, Uruguai ou Colômbia.

Zidane é um dos ex-jogadores que serão assistentes do sorteio, sexta-feira, às 14h. Ao seu lado estarão o uruguaio Ghiggia, o inglês Geoff Hurst, o argentino Mario Kempes, o alemão Mattahus, o brasileiro Cafu, o italiano Cannavarro e o espanhol Hierro.