icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2014
00:38

Um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro, Zico pediu por mudanças na organização do esporte no país. O Galinho afirmou que gostaria de ver no futuro um trabalho renovado com foco nos jovens jogadores.

- É hora de colocar as sandálias da humildade e começar do zero. Tudo o que escutei é que se cometeram erros e que dá no mesmo perder por um ou por sete gols. Não podemos aceitar isso. Muitas coisas precisam mudar - disse o maior ídolo do Flamengo à revista alemã "Sport Bild".

LEIA MAIS:
> LANCE! convoca torcedor para mudar o futebol brasileiro

Para Zico, a Seleção Brasileira deve seguir os passos da Alemanha, que conseguiu se recuperar de seguidos fracassos - não levantava uma taça desde 1990 - e conquistar a Copa de 2014.

- Temos que repensar a capacitação de nossos jogadores e trabalhar com o talento - completou.

Da seleção tetracampeã no último dia 13 de julho no Maracanã, apenas dois jogadores podem ser descartados para a próxima Copa do Mundo, em 2018, na Rússia: o atacante Miroslav Klose (36 anos) e o goleiro reserva Weidenfeller (33). A média de idade da atual equipe alemã é de 26,4 anos, o que permite os jovens campeões a estarem presentes no próximo Mundial.