icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
16/06/2014
14:53

Não é porque Messi é argentino que Zico tem problema em elogiar o atacante. O camisa 10 do time de Alejandro Sabella marcou um gol decisivo sobre a Bósnia, com arrancada e tabela partindo meio-campo - movimentos típicos de Messi - e por isso recebeu elogios do maior artilheiro do Maracanã.

- Do Messi não precisa falar muito. O Maracanã merecia um gol daquele jeito do Messi - disse Zico, que, por causa do aniversário de 64 anos do estádio, participou nesta segunda-feira do encontro que a Fifa e o COL promovem com os jornalistas.

Na visão do Galinho, Sabella escalou mal a Argentina, mas as deficiências foram corrigidas no segundo tempo.

- No segundo tempo a Argentina foi muito bem. Não esperava que ela viesse com três zagueiros e o Maxi Rodríguez. Depois que entraram Gago e Higuaín, o Messi ficou mais solto. E foi a Argentina que estamos mais acostumados a ver - completou.

Indagado por um jornalista hermano sobre o prognóstico para a final da Copa-2014, Zico disse que prefere um clássico.

- Não tava confiante na Holanda, mas queimei a língua. Ela tem jogadores que podem fazer diferença. Gostaria de ver Brasil e Argentina na final. São duas seleções da América do Sul que mostraram capacidade. Os maiores jogadores da história do futebol estão nesses dois países. Acho que Brasil x Argentina viria coroar essa força dos dois grandes países, por tudo o que representam - finalizou.