icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/02/2015
23:56

Felipão à casa tornou. Mas o Aimoré, clube no qual o Scolari começou a carreira como jogador, não fez questão de facilitar para o bom e mais famoso filho e seus comandados. No Estádio Cristo Rei, o santo (dono) da casa fez milagre e a zebra passeou em São Leopoldo. O Grêmio se deu mal, perdendo por 2 a 1, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Gauchão.

Com a derrota, o Tricolor estacionou nos três pontos e foi ultrapassado, inclusive, pelo próprio Aimoré, agora com quatro e na segunda posição. Na próxima rodada, domingo, o Grêmio visita o Avenida. Já o Aimoré recebe o Lajeadense.

O chimarrão gremista começou a entornar logo no segundo minuto de partida. Mikael recuperou a bola no meio campo e disparou como uma flecha (parecia outro Michael, o Schumacher, nos bons tempos de Fórmula 1). O drible da vaca em Marcelo Oliveira foi premiado com um desvio em Rhodolfo, que matou Grohe.

Sentado em uma mureta perto do banco de reservas, Felipão viu um Grêmio sem capacidade de reação. A articulação foi muito deficiente, especialmente pelo fato de o (re)estreante Douglas ainda não estar bem fisicamente e o menino Luan ter passado mais tempo se irritando do que jogando bola. Marcelo Moreno, que, de cabeça, protagonizou o lance mais perigoso do Grêmio no primeiro tempo, ficou muito fora da área e não ameaçou a defesa adversária.

O torcedor gremista deve ter pensado: "Pior do que está não fica". Ledo engano, porque Rennan Oliveira, pouco antes do intervalo, acertou um chute digno de DVD e ampliou o sofrimento tricolor.

Na etapa final, mexe para lá, muda de esquema para cá, tira os cansados... E, durante 25 minutos, nada. Até que Luan conseguiu diminuir o prejuízo gremista.

Só que a partir de então, o Aimoré se fechou, fazendo o "feijão com arroz" (mesmo com duas expulsões) até o apito final, e merece um belo de um churrasco para comemorar a surpreendente vitória por 2 a 1.

AIMORÉ 2 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo (RS)
Data/Hora: 4/2/2015, às 22h
Árbitro: Roger Goulart
Auxiliares: José Eduardo Calza e Antonio João Albornoz
Cartões amarelos: Toto, Diego Viana e Marcelo Pitol (AIM); Fellipe Bastos e Luan (GRE)
Cartões vermelhos: Mikael e Diego Viana (AIM)
Gols: Mikael, 2'/1ºT (1-0); Rennan Oliveira, 46'/1ºT (2-0); Luan, 25'/2ºT (2-1)

AIMORÉ: Marcelo Pitol, Toto, Lacerda, Diego Rocha, Alvaro, Pavone, Mikael, Faisca e Rennan Oliveira (Gian, 30'/2ºT); Diego Viana e Diogo Pereira (Moacir, 42'/2ºT). Técnico: Paulo Porto.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Rafael Galhardo , Rhodolfo, Marcelo Oliveira e Júnior; Arthur (Matías Rodríguez, intervalo), Fellipe Bastos, Luan e Douglas (Lincoln, 17'/2ºT); Lucas Coelho (Everton, intervalo) e Marcelo Moreno. Técnico: Felipão.