icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/03/2014
18:30

A primeira fase do Campeonato Paulista já acabou. Mas, para se definir as semifinais, os pontos conquistados pelas equipes serão somados aos obtidos nas quartas de final. O melhor dos quatro finalistas pega o quarto e o segundo enfrenta o terceiro. A confusa fórmula adotada pela Federação Paulista de Futebol ainda não foi completamente entendida pelos jogadores e Antonio Carlos, do São Paulo, é um deles.

Na tarde desta terça-feira, véspera do confronto com o Penapolense, pelas quartas de final, o zagueiro do Tricolor pregou respeito ao adversário e admitiu dificuldade de entender o regulamento da competição:

- Trata-se de um jogo só, e a gente tem que ter erro zero. A gente ainda não entendeu muito bem como fica depois, o jogo vale pelos pontos, na fase futura pode ajudar a gente a não pegar um time grande, de expressão. Mas temos que estar ligados nesse jogo. Pra gente é um clássico, se não passar desse acabou o campeonato.

Se o duelo entre Botafogo e Ituano acabar empatado e o São Paulo vencer seu jogo, o Tricolor ultrapassa um dos dois clubes e chega à semifinal como terceiro. Isso, claro, se Santos e Palmeiras confirmarem seus favoritismos.

O Peixe terminou a primeira fase um ponto a frente do Palmeiras e só perde a ponta se avançar nos pênaltis e o rival ganhar no tempo normal. Por isso, apesar de três jogos acontecerem nesta quarta-feira, a definição dos confrontos das semifinais só será na quinta, quando o Palmeiras entra em campo diante do Bragantino.

A fórmula do Paulistão desta temporada foi muito questionada. Na primeira fase, as equipes foram divididas em quatro grupos de cinco, mas não houve confrontos entre times do mesmo grupo.