icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
15:42

Depois de duas derrotas seguidas, o Vasco enfrenta o Fluminense, neste domingo, precisando da vitória para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time deve ter a estreia do colombiano Montoya e a reestreia de Juninho Pernambucano. Para o zagueiro Rafael Vaz, o Reizinho, apresentado na última sexta-feira, pode ajudar muito o grupo vascaíno a sair deste momento turbulento.

- Ele é uma referência, já tem grande história no clube. Então, é um grande começo. Dentro de campo, por tudo que ele já conseguiu na carreira, vai nos ajudar muito, até para passar confiança para aquele garoto que está começando - disse o zagueiro.

Autor de um belo gol na sua estreia, contra o Internacional, Rafael Vaz mostrou ter um bom chute, mas acha difícil cobrar alguma falta com Juninho, especialista em bolas paradas, em campo.

- Vamos treinar. Mas por ser um especialista na área, deixa ele trabalhar - completou.

Para que Juninho esteja em campo contra o Fluminense, seu nome precisa entrar no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o que deve ocorrer em breve, já que o atleta foi registrado na Ferj. A diretoria não tem um prazo, mas garante que tanto Juninho quanto Montoya estarão em campo no domingo.

Rafael Vaz espera Vasco com estilo espanhol de passes

Depois de duas derrotas seguidas, o Vasco enfrenta o Fluminense, neste domingo, precisando da vitória para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time deve ter a estreia do colombiano Montoya e a reestreia de Juninho Pernambucano. Para o zagueiro Rafael Vaz, o Reizinho, apresentado na última sexta-feira, pode ajudar muito o grupo vascaíno a sair deste momento turbulento.

- Ele é uma referência, já tem grande história no clube. Então, é um grande começo. Dentro de campo, por tudo que ele já conseguiu na carreira, vai nos ajudar muito, até para passar confiança para aquele garoto que está começando - disse o zagueiro.

Autor de um belo gol na sua estreia, contra o Internacional, Rafael Vaz mostrou ter um bom chute, mas acha difícil cobrar alguma falta com Juninho, especialista em bolas paradas, em campo.

- Vamos treinar. Mas por ser um especialista na área, deixa ele trabalhar - completou.

Para que Juninho esteja em campo contra o Fluminense, seu nome precisa entrar no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o que deve ocorrer em breve, já que o atleta foi registrado na Ferj. A diretoria não tem um prazo, mas garante que tanto Juninho quanto Montoya estarão em campo no domingo.

Rafael Vaz espera Vasco com estilo espanhol de passes