icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/12/2013
00:17

Os jogadores da Ponte Preta não conseguiram esconder a decepção pelo vice-campeonato da Sul-Americana após a derrota para o Lanús (ARG), na Argentina, por 2 a 0. Sem chance de criar perigo para o adversário no segundo jogo da decisão, Diego Sacoman chorou bastante na saída do gramado, enquanto Fellipe Bastos lamentou o fato de terem desperdiçado "uma chance única" de tirar a Macaca da fila de 113 anos.

- Não tem o que falar. É um momento de tristeza. Foi legal o que a gente fez, o sonho que a gente tinha traçado desde o início e deixou escapar das nossas mãos. É muito triste. Não tem o que falar - disse, entre lágrimas, o defensor pontepretano ao "Fox Sports".

Depois do empate em 1 a 1 no Pacaembu, o time chegou com forte animação para o confronto, mesmo que rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro - em Campinas (SP), muitos torcedores se reuniram para ver o jogo, em que Ayala e Blanco, ainda no primeiro tempo, marcaram e sepultaram o sonho alvinegro. O volante Fellipe Bastos resumiu a decepção dos pontepretanos:

- É triste, porque deixamos escapar uma oportunidade rara - completou, também à emissora, o jogador da Macaca, que "repete" o feito do Goiás de 2010, e termina com a temporada com o vice da competição e o rebaixamento à divisão de acesso do Brasileiro.