icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
21/07/2013
13:41

O brasileiro Yohansson Nascimento atingiu seu primeiro objetivo no Mundial de Atletismo Paralímpico, neste domingo, em Lyon. Ele se classificou para a final da prova dos 200m, categoria T46. O atleta ficou em segundo lugar em sua bateria, com o tempo de 22s82.

- Estreia sempre dá um frio na barriga. Passar para a final agora dá mais confiança. Vai ser uma prova difícil. Quem quiser ficar com a medalha vai ter de correr muito. Inclusive eu - afirmou o corredor.

Yohanson segurou o ritmo nos últimos metros da semifinal. A inteção mesmo é se soltar na decisão, marcada para esta segunda-feira.

- Na semifinal, você corre com mais consciência. Não adianta fazer muita força - explicou.

Emicarlo Souza também se garantiu na final. O brasileiro ficou em terceiro em sua bateria, com 22s25, seu melhor tempo da carreira.

* O repórter viaja a convite do Comitê Paralímpico Brasileiro

O brasileiro Yohansson Nascimento atingiu seu primeiro objetivo no Mundial de Atletismo Paralímpico, neste domingo, em Lyon. Ele se classificou para a final da prova dos 200m, categoria T46. O atleta ficou em segundo lugar em sua bateria, com o tempo de 22s82.

- Estreia sempre dá um frio na barriga. Passar para a final agora dá mais confiança. Vai ser uma prova difícil. Quem quiser ficar com a medalha vai ter de correr muito. Inclusive eu - afirmou o corredor.

Yohanson segurou o ritmo nos últimos metros da semifinal. A inteção mesmo é se soltar na decisão, marcada para esta segunda-feira.

- Na semifinal, você corre com mais consciência. Não adianta fazer muita força - explicou.

Emicarlo Souza também se garantiu na final. O brasileiro ficou em terceiro em sua bateria, com 22s25, seu melhor tempo da carreira.

* O repórter viaja a convite do Comitê Paralímpico Brasileiro