icons.title signature.placeholder Pedro Leanza
23/07/2014
16:56

Com a intenção de explicar a constante mutação pela qual o departamento de futebol do Flamengo tem passado, o diretor executivo Felipe Ximenes foi mais uma vez foi à sala de imprensa do Ninho do Urubu, na tarde desta quarta-feira, para falar sobre as mudanças. A mais recente - a troca de Ney Franco por Vanderlei Luxemburgo - foi detalhada pelo dirigente.

De acordo com Ximenes, a alteração no comando técnico, que começou a ser pensada no domingo, foi concluída somente na manhã desta quarta-feira.

- Nós começamos a agir ainda no domingo. Tivemos o cuidado de falar primeiramente com o Ney Franco, que tem um caráter incrível. Depois de a rescisão ter sido acertada, pensamos no nome do Vanderlei. Felizmente conseguimos chegar a um acordo rápido com ele - esmiuçou o diretor, que aproveitou para elogiar o novo treinador:

- Como diretor de futebol, me sinto honrado por, pela primeira vez, trabalhar com um treinador tão vencedor no futebol brasileiro. O Vanderlei tem muitas conquistas e, por isso, é muito cobrado. Ele saberá aguentar a pressão.

Segundo o diretor de futebol, a saída de Ney Franco não foi motivada exclusivamente pelas duas últimas derrotas da equipe no Brasileirão, mas pelo conjunto do trabalho.

- Como eu já disse, as decisões precisam ser tomadas com clareza. Não foram somente as duas partidas (contra Internacional e Atlético-PR). O trabalho é avaliado diariamente e foi isso que pesou para a saída dele - explicou.

E MAIS:

    

Após demissão de Ney Franco, Fla anuncia chegada de Luxemburgo

      

Para se desfazer de Elano, Fla tem de repassar empréstimo ou pagar multa


    Mudanças à vista: Medalhões devem deixar o Fla nos próximos dias


     Crise explodiu com a confirmação de Felipe titular
       Assef deixa vice de relações externas após duas semanas no cargo


       Bandeira desmente lateral e diz que contrato com ele 'será cumprido'


Além da troca no comando técnico, Felipe Ximenes ainda falou sobre as possíveis saídas de alguns jogadores. Confira o restante da entrevista:

ANDRÉ SANTOS
"O representante do André Santos foi á Gávea para negociar a saída do atleta. Ela está sendo encaminhada, mas ainda não foi concretizada. Em nenhum momento eu falei que ela havia sido assinada. O clube, ao se posicionar oficialmente em relação a uma rescisão de contrato, assume uma posição que não há mais negociação. Eu disse que o contrato do andré santos não havia sido quebrado, este detalhe é extremamente importante. Existe uma negociação. Queremos uma rescisão de forma amigável."

ELANO
"O Flamengo não tem qualquer posicionamento oficial sobre uma possível saída deste jogador. Quando tivermos, iremos fazer um pronunciamento."

ERAZO
"O Erazo que chegou ao clube para pedir para sair. estamos acertando uma rescisão amigável com o jogador, que está de saída do clube."