icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/02/2015
19:24

O XFC reserva um grande card para o ‘toque de luvas’ da temporada internacional de 2015. No XFCi 9, dia 14 de março, Allan "Puro Osso" Nascimento enfrenta o compatriota Bruno "Macaco" Azevedo pela disputa do primeiro cinturão mundial da categoria peso-mosca. O evento, que terá como palco o ginásio do São Paulo Futebol Clube, também reserva a grande final da segunda temporada do torneio peso-mosca feminino (56,7kg), entre Poliana Botelho (3v 1d) e Silvaneide Marretinha (4v 1d). Na mesma divisão de peso, a renomada Julie Werner (8v 4d) enfrenta a russa recém-contratada Julia Berezikova (7v 4d), e o campeão da primeira temporada do GP peso-meio-médio (até 77,1kg), Will Galvão (4v 1d), mede forças contra o russo Alexei Kunchenko, invicto na carreira (8v 0d).

Allan Puro Osso (14v 2d) se credenciou a disputar o cinturão com performances implacáveis e três lutas emocionantes no hexágono. Em sua estreia, no XFCi 3, em março de 2014, finalizou o chileno Matias Vasquez com uma chave-de-braço aos 4min20seg do terceiro round. Quatro meses depois, submeteu André Lourenço aos três tapinhas após 3min03seg do primeiro assalto, com um triângulo de mão em pé. O ucraniano Ruslan Abiltarov foi o primeiro a disputar todos os três rounds contra o atleta da Chute Boxe Diego Lima, que saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes, no XFCi 7, em novembro, também no ginásio do São Paulo Futebol Clube.

O brasiliense Bruno "Macaco" Azevedo estreia pelo XFC com expressivo cartel de 12 vitórias, apenas duas derrotas, e experiência em eventos nacionais de renome, como o Shooto Brasil. Especialista na luta de chão, já finalizou nove oponentes, nocauteou dois e não vai à decisão dos juízes desde 2010. Em 2014, lutou cinco vezes, levou um adversário à lona e finalizou outros três, sofrendo uma derrota, em maio. Azevedo representa a academia Nova União, do Rio de Janeiro, e terá dois companheiros lutando no mesmo card.

Amigas, amigas, negócios à parte

Na final da segunda temporada do torneio peso-mosca feminino, um duelo incomum. Poliana Botelho, da Nova União, enfrenta a jovem de 21 anos Antônia Silvaneide, da academia parceira Kimura Nova União, de Natal, no Rio Grande do Norte. Poliana, de 26 anos, estreou no GP nocauteando a mexicana Karina Rodriguez nas quartas-de-final e avançou à final por W.O. quando Taila Santos não bateu o peso da categoria. Já Marretinha lutou seis rounds em duas lutas, vencendo a finlandesa Vuokko Katainen por decisão majoritária dos juízes e a brasileira Debora Ferreira nas semifinais, por decisão unânime.