icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2014
17:35

Escalada para se apresentar pelo WSOF 15 que acontece neste sábado, na Flórida (EUA), Kalindra Faria é o centro de um problema contratual envolvendo a organização e o XFC. A lutadora, que disputa o título peso palha contra Jessica Aguilar, tem um contrato de exclusividade com o XFC e pode render um processo ao show diante da iniciativa de ignorar o acordo e entrar no cage do WSOF.

Confira o comunicado enviado pelo XFC:
"O XFC possui um contrato de exclusividade com a atleta Kalindra Faria, o qual foi apresentado ao WSOF para sua apreciação. Apesar dos termos claros do contrato de exclusividade de Kalindra Faria com o XFC, o WSOF manteve suas intenções de seguir com a luta da atleta planejada para este fim de semana. Não há nenhuma dúvida de que o XFC tem um contrato válido com Kalindra Faria e que o fato de ela lutar pelo WSOF neste fim de semana viola os direitos do XFC resguardados sob o dito contrato.

Como consequência dessas ações, o XFC está movendo um processo judicial contra o WSOF nesta sexta-feira, dia 14 de novembro de 2014, na Corte Distrital de Tampa, no estado da Flórida, nos Estados Unidos. O XFC está buscando assegurar seus direitos na extensão total da lei."

O WSOF 15 acontece neste sábado e, além do duelo entre Kalindra Faria e Jessica Aguilar, conta com David Branch x Yushin Okami e Justin Gaethje x Melvin Guillard.