icons.title signature.placeholder RODRIGO CERQUEIRA
22/06/2014
15:04

Aos 34 anos, e considerado um dos maiores jogadores espanhóis de todos os tempos, Xavi pode se despedir da seleção, e principalmente da Copa do Mundo, nesta segunda-feira sem jogar. A partida será contra a Austrália, na Arena da Baixada, pelo Grupo B da competição.  A Fúria está eliminada, pois perdeu seus dois primeiros jogos (5 a 1 para a Holanda e 2 a 0 para o Chile). Com isso, o maestro do Barcelona não deve entrar em campo, pois sente dores musculares.

- Xavi não deve jogar, pois sente dores musculares nas pernas. Pepe Reina deve jogar e Iniesta também disputará sua partida de número 100 pela Espanha - declarou Del Bosque, para citar a importância de Xavi para a história da seleção, mesmo que ele não entre em campo nesta segunda-feira:

- Uma partida a mais ou outra a menos não vai dar mais méritos para ele. No jogo contra a Holanda foi o jogador que mais correu. Nosso agradecimento a Xavi é muito grande.

Oficialmente, Xavi ainda não anunciou sua saída da seleção espanhola. Porém, não joga mais pelo Barcelona e seu destino deve ser um clube do Qatar. Aos 34 anos, faz a sua última Copa do Mundo.

Del Bosque deixou claro que vai mandar ao campo uma equipe com jogadores que pouco atuaram no Mundial, mesclada com alguns mais experientes. Com isso, uma provável formação da Fúria é: Pepe Reina, Juanfran, Sergio Ramos, Albiol e Alba; Koke, Cazorla, Fàbregas, Mata e Iniesta; David Villa.

Sobre a eliminação da Espanha na fase de grupos da Copa do Mundo, Del Bosque voltou a lembrar que ficou surpreso. E apontou algumas razões para o fracasso:

- Tivemos problemas físicos, táticos e falta de sorte. Foi uma mescla de tudo que impediu o nosso melhor.