icons.title signature.placeholder RODRIGO CERQUEIRA
23/06/2014
08:20

Romário e Bebeto, Rivaldo e Ronaldo, Di Stéfano e Puskás, Pelé e Coutinho... O mundo do futebol já viu grandes duplas em ação, muitas vão ficar marcadas eternamente na memória dos torcedores. Nesta segunda-feira, em Curitiba, pode estar chegando ao fim um dos "casamentos" de maior sucesso da Espanha, do Barcelona e até de todos os tempos: Xavi e Iniesta.

Xavi, com 34 anos, já não atuará mais pelo Barcelona. E de acordo com Del Bosque, também não estará disponível para o jogo contra a Austrália, nesta segunda-feira, em Curitiba - sente dores musculares nas pernas. Como seria sua última partida pela Fúria, isto significa que Iniesta ficará sem o parceiro de tantos anos. Essa dupla foi responsável por vários títulos do Barcelona, e outros tantos da seleção espanhola.

Juntos pelo Barça, Xavi e Iniesta conquistaram todos os títulos possíveis (Foto: Arquivo LANCE!)


Já Iniesta (30 anos), que completa nesta segunda-feira 100 jogos pela Espanha, entra num seleto grupo "centenário" de grandes ídolos na Fúria. Acima dele: Casillas (153 jogos), Xavi (133 jogos), Sergio Ramos (119 jogos), Xabi Alonso (113 jogos), Fernando Torres (109 jogos), Zubizarreta (126 jogos), Raúl (102 jogos) e Puyol (100 jogos).

A estreia de Iniesta pela Espanha aconteceu em 2006, em Albacete. Comandada pelo técnico Luis Aragónes, a Fúria convocada para a Copa do Mundo daquele ano, na Alemanha, já contava com o jogador do Barcelona.

L!TV:
> Seleção espanhola faz seu último treino antes de enfrentar a Austrália
> Delegação da Espanha ignora torcedores na porta de churrascaria

Xavi, quatro anos mais velho, foi moldado ao estilo da revolução que a Espanha apresentou ao ganhar tudo nos últimos seis anos utilizando o estilo tiki-taka. Foi bancado por Luis Aragonés na seleção, virou homem de referência para Pep Guardiola no Barcelona. Em 2006, ano da estreia de Iniesta em Copas, já tinha na bagagem o Mundial de 2002. Em 2008, na conquista da Euro que deu início ao ciclo vencedor da Fúria, acabou eleito o melhor jogador do torneio.




No início deste ano, em uma entrevista ao site da Uefa, Xavi definiu bem o que significa a sua parceria com Iniesta.

- O jogador com quem melhor me entendo em campo é Andrés Iniesta. Ele é um jogador completo, com quem combino na perfeição. É um privilégio jogar ao lado de um futebolista com a sua qualidade. É um privilégio poder atuar com jogadores como Iniesta, Cesc Fàbregas, Marcos Senna, Yaya Touré ou Sergio Busquets. Mas também gosto muito de Frank Lampard, Steven Gerrard e Andrea Pirlo - disse Xavi.

Se Xavi foi eleito o "cara" da Euro de 2008, Iniesta foi além... Fez o gol do título da Espanha na final da Copa do Mundo de 2010, na vitória por 1 a 0 sobre a Holanda. E acabou considerado o melhor jogador da Euro de 2012, conquistada pelos espanhóis.

Iniesta faz o gol do título da Copa do Mundo de 2010 (Foto: Marcos Brindicci/Arquivo Lance!)

Campeões de tudo por clube e seleção, Xavi e Iniesta só não conseguiram uma Bola de Ouro. Bateram na trave. Em 2009, Xavi ficou na terceira colocação, sendo superado por Messi e Cristiano Ronaldo. Em 2010, foi o segundo, com seu parceiro no terceiro posto. Domínio catalão, já que o argentino levou de novo.

Já em 2011, Xavi voltou a ser superado por Messi e CR7. E no ano seguinte, fora da final, foi a vez de Iniesta mais uma vez bater na trave num pódio com o argentino e o craque português do Real Madrid.

Juntos, o número de títulos é assustador. Pela Espanha, levaram duas Eurocopas (2008 e 2012) e uma Copa do Mundo (2010). Já pelo Barcelona, a lista parece não ter fim: Campeonato Espanhol (2004-05; 2006-06; 2008-09; 2010-11; 2012-13), Copa do Rei (2008-09; 2011-12), Supercopa da Espanha (2005, 2006, 2009, 2010, 2011 e 2013), Liga dos Campeões (2006-06; 2008-09; 2010-11), Supercopa da Europa (2009 e 2011), Mundial de Clubes da Fifa (2009 e 2011).

O futebol nesta segunda-feira dá adeus para uma das grandes duplas da história. Xavi e Iniesta passam da esfera esportiva para a eternidade, por tudo o que fizeram pelo futebol espanhol e, com certeza, pelos amantes deste esporte pelo mundo.