icons.title signature.placeholder Michel Castellar
05/07/2014
17:24

Para o técnico da Bélgica, Marc Wilmots, a arbitragem do italiano Nicola Rizzoli foi conivente com o craque Messi, durante a vitória da Argentina, por 1 a 0, neste sábado, pelas quartas de final da Copa do Mundo, no Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha. O treinador destacou que o atacante não teve uma atuação destacada, mas foi fundamental para o triunfo do time.

- O Messi é um grande craque, principal jogador da Argentina, mas reparei que ele cometeu algumas faltas. Só que o árbitro nunca foi contra ele. Não quero me lamentar, mas cada vez que teve uma falta sempre foi a favor da Argentina. E o Messi mostrou hoje uma capacidade de prender a bola e ajudar o seu time - destacou Wilmots.

O técnico da Bélgica foi enfático ao afirmar que os argentinos sofreram para conseguirem avançar para a semifinal da Copa. Chegou a dizer que sua equipe não perdeu para um time que se mostrou mais forte do que ela.

Wilmots ressaltou que se a Bélgica tivesse empatado a partida nos últimos minutos, teria acabado com a seleção argentina. E o resultado seria que os belgas teriam se classificado para a semifinal.

- O mundo viu que a Bélgica tem um time excelente. Mas o nosso adversário não nos deu espaço. Foi uma quartas de final de Copa e os detalhes fizeram a diferença. Talvez, eles tenham ganho pela experiência, mas não pela qualidade - afirmou o técnico belga.