icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/06/2014
11:04

A poucos dias para a estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, a maior disputa no grupo se dá entre Oscar e Willian. O primeiro, titular atualmente, admite que vive fase irregular, enquanto o segundo tem crescido de produção a cada jogo. No entanto, a diferença de momento não ilude Willian. Após o amistoso contra a Sérvia, na última sexta-feira, no Morumbi, o camisa 19 pregou humildade na disputa com o companheiro.

- Estou disposto a ajudar entrando durante o jogo ou sendo titular, quem decide é ele (Felipão). Vou contribuir da melhor forma possível. Contra a Sérvia, tivemos mais dificuldade no primeiro tempo, e no segundo jogamos melhor. Acho que porque eles cansaram também, não só pela minha entrada - afirmou o meia-atacante do Chelsea (ING).

A disputa dentro de campo agrada Felipão, mas os questionamentos sobre ela, não. Na coletiva pós-jogo, o técnico não gostou de uma pergunta que apontava Oscar como contestado e deu a entender que ele será mantido contra a Croácia, quinta-feira, estreia na Copa. Mas o técnico elogiou as opções que tem no elenco.

- Willian, Bernard, Fernandinho... Tenho bons problemas. Tenho opções. Eu coloco alguns jogadores e o time rende para melhor, situação diferente, como treinamos. São bons problemas. Tenho uma excelente Seleção. Na hora que eu precisar, faço a mudança, pois rendem até mais do que quem vem jogando - afirmou o técnico.

Contra a Sérvia, Felipão sacou Oscar no intervalo para dar lugar a Willian. Na goleada sobre o Panamá, na última terça-feira, em Goiânia, o treinador já havia feito a mesma substituição e deu êxito. Willian jogou bem e marcou um gol na goleada.