icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/04/2014
14:44

Quatro dias após o GP da Malásia da Fórmula 1, a equipe Williams tratou de pedir aos fãs desculpas pelo ocorrido durante a corrida. Em um momento da prova, o time inglês pediu para Felipe Massa dar passagem ao companheiro Valtteri Bottas, que vinha mais rápido na disputa e poderia brigar por posição com Jenson Button, da McLaren. O brasileiro negou e, assim, eles se mantiveram nas sétima e oitava colocação, respectivamente.

- Para os nossos fãs, gostaríamos de nos desculpar por isso, porque não conseguimos lidar com isso da melhor maneira - afirmou a chefe de equipe Claire Williams.

- É decepcionante para as pessoas que olham para a Williams e esperam ver nossos pilotos capazes de irem para lá e lutarem pelas coisas, e não deixaramos. Não é a forma que gostaríamos que acontecesse. Não conseguimos lidar com a situação bem. Então, é claro, que pedimos desculpas aos pilotos - completou.

A chefe de equipe ainda admitiu que a situação foi discutida muito dentro da equipe nos últimos dias. Massa e Bottas, aliás, também foram ouvidos sobre o ocorrido.

Logo após a corrida na Malásia, o brasileiro justificou sua atitude dizendo que o campeonato estava apenas no começo e não era necessária a troca de posições com o companheiro. O finlandês não escondeu não ter gostado da atitude.