icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2013
17:34

Antes da partida contra o Criciúma, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o goleiro Weverton, do Atlético-PR, comentou o fato da equipe entrar em campo com cinco alterações em relação ao time titular, já que o treinador Vagner Mancini optou por poupar alguns atletas, de olho na final da Copa do Brasil, contra o Flamengo.

- A carga de jogos é muito grande, mas quem entrar vai dar conta do recado. Sempre foi assim e não vai ser diferente. Lógico que vai sentir o entrosamento, mas isto a gente vai passar por cima - declarou o camisa 12, que jogou todas as partidas no Brasileirão e justificou sua presença durante a campanha inteira:

- Chega a esta altura do campeonato e não tem lugar no corpo que não tenha dor. Mas a força de vontade, de ajudar e de jogar futebol é maior.  É pelo prazer de vestir esta camisa - analisou.

A respeito dos próximos encontros do Furacão, tanto no Brasileiro quanto na Copa do Brasil, Weverton foi sucinto em resumir o quão importante este período será para os atleticanos.

-  É um mês que vale o ano inteiro - finalizou.

O Atlético-PR está em segundo lugar no Campeonato Brasileiro, e precisa vencer o Criciúma para que o Cruzeiro não saia campeão nacional nesta quarta-feira.