icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/04/2014
23:27

A luta principal do UFC que aconteceu em Orlando (EUA), neste sábado, contou com dois lutadores em busca da vitória para garantir a chance pelo cinturão dos pesados. No confronto entre Fabricio Werdum e Travis Browne, melhor para o brasileiro. Com uma estratégia bem traçada e segura, o atleta da Kings MMA dominou todo o combate contra seu adversário e venceu a disputa na decisão unânime dos juízes.

Ciente do risco que corria diante de um adversário com trocação poderosa, Werdum soube encaixar seu jogo e dominar seu oponente ao longo dos cinco rounds da disputa. Além de trabalhar seu afiado jiu-jitsu em alguns momentos do combate, o brasileiro se saiu melhor também na trocação contra o americano, que esbanjou resistência.

A vitória de Werdum garante ao brasileiro a chance de disputar o cinturão dos pesados contra o atual campeão da categoria, Cain Velásquez. Segundo Dana White, se o americano estiver recuperado da lesão no ombro até lá, a disputa de título acontecerá na estreia do Ultimate no México, no fim do ano. Inclusive, a primeira edição do The Ultimate Fighter no país é especulada para ser protagonizada pelos dois, já que Cain tem ascendência mexicana e o brasileiro é comentarista do UFC na América Latina.

Browne teve interrompida uma sequência de três vitórias consecutivas. Curiosamente, o americano saiu derrotado apenas duas vezes na carreira após 19 lutas. Em ambas as derrotas seu algoz foi um brasileiro. O primeira revés aconteceu em outubro de 2012, quando Travis foi nocauteado por Antônio Pezão.

A LUTA
1º round
O duelo começou eletrizante com os dois lutadores partindo para a trocação franca. Browne cercava o brasileiro, enquanto Werdum estudava a distância para o adversário. Browne chegou a aplicar bons golpes no gaúcho em bom momento, mas Fabricio se recuperou e trabalhou seu jiu-jitsu no solo perto da grade. Quando a luta voltou em pé, os atletas protagonizaram um confronto sensacional com ambos desferindo golpes fortes que deixaram os dois abalados em alguns momentos.

Fabricio Werdum atropelou Travis Browne na trocação (FOTO: Getty Images)

2º round
O combate seguiu emocionante na segunda etapa, com os dois partindo para a trocação. Após um vacilo do americano, Fabricio conseguiu derrubar seu oponente e trabalhar seu jogo de jiu-jitsu. Após uma tentativa de kimura, Browne conseguiu se livrar da finalização e o duelo voltou de pé. Mais cansado, Travis recebeu os golpes mais potentes do round. 

3º round
Os primeiros segundos do terceiro assalto tiveram Werdum partindo pra cima e conectando bons socos na trocação. Se movimentando melhor, o brasileiro se defendeu do cerco do havaiano e apresentou um maior volume de golpes. O gaúcho chegou a encurralar Travis com bons socos, mas preferiu não gastar energia diante da resistência do adversário. Nos segundos finais, Fabricio encaixou um soco e um chute alto no oponente.   

4º round
A quarta etapa foi mais equilibrada do que as anteriores. Apesar de ainda contar com o controle da disputa, Werdum correu mais riscos e preferiu controlar mais seu gás e apenas se esquivar de alguns ataques do americano. Travis cercou o brasileiros e arriscou chutes altos, mas sem sucesso. O confronto se manteve em pé durante o round.

5º round
A etapa final começou com Werdum buscando a derrubada para levar o duelo ao chão. Ligado, Browne se defendeu bem e o confronto se manteve de pé. Na trocação, Travis teve o controle do octógono e cercou o brasileiro. Porém, foi Werdum que conectou os melhores golpes e chegou a abalar o americano em alguns momentos. O brasileiro se saiu bem também nos contragolpes. O combate chegou ao fim com uma trocação franca entre lutadores e com Fabricio administrando o resultado, fugindo dos ataques.