icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/02/2015
11:59

Se o futebol espanhol está preocupado com o possível êxodo de jogadores para a Inglaterra, a Terra da Rainha está animada com a situação. Apenas nesta temporada, o futebol inglês gastou 950 milhões de libras (R$ 3,85 bilhões) nas duas janelas de transferências. E apesar das cifras já impressionantes, a tendência é que este número só cresça. A previsão é de Arsène Wenger, técnico do Arsenal. Para o francês, o novo contrato de direitos de transmissão, acima das 5 bilhões de libras (R$ 22 bilhões) para o triênio entre 2016 e 2019, vai aquecer ainda mais o mercado.

- É um número impressionante e mostra a popularidade do futebol inglês. Vai contribuir para que os melhores jogadores do mundo venham jogar na Inglaterra. A movimentação dos jogadores sempre está ligada ao poderio econômico dos países - disse Wenger em entrevista coletiva nesta sexta-feira:

- Hoje em dia, a Inglaterra é uma grande poder econômico no futebol está na Inglaterra e os melhores jogadores vêm à Inglaterra.

Wenger ainda exaltou a importância da televisão no crescimento da Premier League. Mas para ele, o contrato chegou aos valores atuais por causa da forte concorrência.

- Se o futebol é tão popular no mundo todo, a televisão contribui muito para isto. Eles pagam dinheiro pesado, mas precisam fazer os cálculos. Parece para mim que é mais um cálculo do tipo "não podemos perder isso" do que "queremos crescer e tornar isso maior" - avaliou.