icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2013
14:40

O atacante Wellington Nem, que foi negociado pelo Fluminense com o Shakhtar Donetsk após a eliminação da Libertadores da América, segue com questões mal resolvidas com a diretoria tricolor. Criado no Flu, o jogador desabafou e criticou os comandantes do clube por uma suposta desvalorização das pratas da casa.

- Depois da eliminação (na Libertadores), a torcida passou a me vaiar. A diretoria não aumentou o meu salário. Eles não dão muito valor à base. Mas um dia eu volto – disse em entrevista à revista Placar.

Enigmático, o jogador ainda disse que gostaria de permanecer no Fluminense e confidenciou à publicação que houve questões sobre a negociação que ainda não vieram à tona.

- Eu gostaria de ficar. A eliminação na Libertadores (diante do Olimpia) foi um baque muito grande. Fiquei triste. A proposta do Shakhtar foi boa. Sai por outras coisas também - afirmou o jogador.

Com grandes dificuldades financeiras, o Fluminense vendeu Wellington Nem com a finalidade de aliviar o caixa, entretanto, ainda não viu a cor do dinheiro, uma vez que os R$ 16 milhões referentes ao negócio, foram retidos pela Procuradoria da Fazenda Nacional, questão que deve ser solucionada em breve.

O atacante Wellington Nem, que foi negociado pelo Fluminense com o Shakhtar Donetsk após a eliminação da Libertadores da América, segue com questões mal resolvidas com a diretoria tricolor. Criado no Flu, o jogador desabafou e criticou os comandantes do clube por uma suposta desvalorização das pratas da casa.

- Depois da eliminação (na Libertadores), a torcida passou a me vaiar. A diretoria não aumentou o meu salário. Eles não dão muito valor à base. Mas um dia eu volto – disse em entrevista à revista Placar.

Enigmático, o jogador ainda disse que gostaria de permanecer no Fluminense e confidenciou à publicação que houve questões sobre a negociação que ainda não vieram à tona.

- Eu gostaria de ficar. A eliminação na Libertadores (diante do Olimpia) foi um baque muito grande. Fiquei triste. A proposta do Shakhtar foi boa. Sai por outras coisas também - afirmou o jogador.

Com grandes dificuldades financeiras, o Fluminense vendeu Wellington Nem com a finalidade de aliviar o caixa, entretanto, ainda não viu a cor do dinheiro, uma vez que os R$ 16 milhões referentes ao negócio, foram retidos pela Procuradoria da Fazenda Nacional, questão que deve ser solucionada em breve.