icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/12/2013
20:19

A postura de Anderson Silva na derrota para Weidman no UFC 162 foi tão comentada quanto a vitória de do americano no evento. Mesmo tendo nocauteado o brasileiro, o campeão dos médios vive com a desconfiança dos fãs se seu triunfo foi mérito próprio ou se foi devido a um erro de Anderson Silva ao exagerar nas provocações.

Na entrevista coletiva pré-evento do UFC 168, que acontece neste sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos, o americano voltou a comentar sobre a postura de Spider dentro do octógono. Quando perguntado se ele achava que o brasileiro agiria da mesma maneira, o campeão mostrou-se despreocupado, afirmando que isso não afetará seu plano de luta.

- Ele é um dos maiores de todos os tempos e eu sabia que teria de dar uma revanche caso o vencesse. Então, aqui estamos e estou pronto para batê-lo de novo. Essa é uma pergunta para ele (se Anderson repetirá as provocações). Não tenho ideia e realmente não me interessa - comentou o campeão, em coletiva de imprensa realizada nesta quinta.

Weidman e Spider posam para foto em coletiva (FOTO: Reprodução)

Para se preparar para o primeiro duelo com Spider, Weidman já havia revelado que treinou com companheiros que adotaram a mesma tática do brasileiro de lutar com a guarda baixa. Segundo o campeão, o treinamento era para ele manter o foco durante a luta, mas acabou não dando muito certo, pois ele confessou que acabou 'perdendo a cabeça' dentro do octógono.

- Queria me acostumar com isso para não achar nada diferente quando estivesse no octógono e não perder o foco. Mas, não deu muito certo para mim. Na hora da luta, você não quer perder a cabeça, mas perdi e acabou dando certo para mim. Não sei o que vai acontecer dessa vez - relatou o americano, que ainda avaliou seus pontos fortes para derrotar novamente o brasileiro.

- Minha grande vantagem é meu wrestling e meu jiu-jitsu e vou buscar isso na luta. Também trabalhei muito meu condicionamento nesse camp e será uma das minhas vantagens. Tenho muito a provar para mim mesmo e nunca vou sentir que já terei feito tudo. Meu objetivo é chegar lá e finalizar ele, dar um show. Quero mostrar que o cinturão é meu e será por muito tempo - completou o lutador.

Além da esperada revanche entre Chris Weidman e Anderson Silva, valendo o cinturão dos médios, o UFC 168 ainda contará com o reencontro de Ronda Rousey e Miesha Tate, pelo título peso-galo feminino. O evento será transmitido ao vivo pelo canal Combate, a partir das 21h30.

Confira as lutas do show:
Card principal
Chris Weidman x Anderson Silva
Ronda Rousey x Miesha Tate
Josh Barnett x Travis Browne
Jim Miller x Fabrício Morango
Dustin Poirier x Diego Brandão
Card preliminar
Chris Leben x Uriah Hall
Gleison Tibau x Michael Johnson
Dennis Siver x Manny Gamburyan
John Howard x Siyar Bahadurzada
William Patolino x Bobby Voelker
Robbie Peralta x Estevan Payan