icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2014
14:30

Após conquistar o cinturão dos médios, em nocaute sobre Anderson Silva, em julho do ano passado, Chris Weidman adquiriu uma grande confiança, que tem apresentado nos seus compromissos seguintes. O americano já defendeu por duas ocasiões o título, uma inclusive contra Spider, quando o brasileiro fraturou a perna, e outra em cima de Lyoto Machida, em outra grande atuação. Com isso na bagagem, o lutador já deu um recado para os postulantes ao título e revelou que o lugar de número um da divisão já tem dono. E por muito tempo.

No dia 28 de fevereiro, o "All American" terá mais um brasileiro pela frente, quando encara Vitor Belfort, em Los Angeles (EUA). No entanto, o campeão foi questionado se aceitaria fazer um novo embate contra Anderson. Em entrevista ao “FOX Sports”, ele não descartou o terceiro duelo contra o ex-campeão e esbanjou confiança sobre seu futuro no Ultimate.

- Se os fãs quiserem ver uma terceira luta com o Anderson Silva, ela vai ser realizada. Acho que seria até um dinheiro fácil, porque, com todo respeito, ninguém pode me vencer nos médios. Têm muitos atletas telentosos na categoria, mas nenhum vai tirar o cinturão de mim - afirmou o americano, que ainda está invicto na carreira após 12 combates, sendo oito pelo UFC.