icons.title signature.placeholder Radar/Pool L'Equipe (FRA)
23/11/2014
20:28

Stanislas Wawrinka não se privou de criticar os franceses após a vitória da Suíça na Copa Davis neste domingo, em Lille. "Havia páginas sobre a crise, sobre nós, sobre Roger", lamentou. "Mas nós vimos como as coisas podem se transformar rapidamente"

Convidado a comentar a vitória de sua equipe na Copa Davis contra a França no domingo, no estádio Pierre-Mauroy, o número dois suíço Stanislas Wawrinka se divertiu: "Foi bom, você viu o placar?, Perguntou Wawrinka. "Roger jogou muito bem. Ele 'matou' o Richard, foi uma sensação incrível! " E o número quatro do mundo, em resposta a um gracejo de Marc Rosset, ex-capitão da equipe suíça, espectador atento da conferência de imprensa, disse: "Eles colocaram as garrafas no vestiário francês, mas logo transferiram para o vestiário suíço!"

Obviamente, o semi-finalista do último Masters não digeriu bem a semana que precedeu a final da Copa Davis. "Conseguimos administrar toda a semana, apesar das preocupações na equipe, dos problemas físicos e de tudo que aconteceu ao redor", ele continuou. "Eu disse que os franceses falavam muito da final. Todo mundo estava se preparando para ficar pronto. No final, fomos melhores. Para a equipe francesa, tudo estava perfeito. Todo mundo bem preparado e pronto para ir para a guerra, em suas próprias palavras. Este fim de semana foi o oposto, porque conseguimos gerenciar a nossa equipe como sabemos fazer, com as trocas e com o melhor preparo possível para um fim de semana tranquilo, dando o máximo em campo. Nós podemos nos orgulhar disso".