icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
30/07/2013
15:17

O diretor executivo da NBA no Brasil, Arnon de Mello Neto afirmou nesta terça-feira que o Washington Wizards pediu para participar do primeiro jogo da liga americana de basquete no país. No dia 12 de outubro, a equipe do pivô brasileiro Nenê vai enfrentar o Chicago Bulls, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, em duelo válido pela pré-temporada da NBA.

- Foi um pedido específico da direção do Washington. O dono da franquia (Abe Pollin) gosta muito do Nenê e queria homenageá-lo. Quando se definiu que a NBA faria uma partida da pré-temporada no Brasil, ele foi o primeiro a dizer que queria estar aqui - disse Arnon.

Segundo o dirigente, Nenê foi o jogador que abriu as portas da NBA para os brasileiros. Então, nada mais justo do que abrir as portas para o pivô voltar a jogar em solo brasileiro. De acordo com o diretor executivo da NBA no Brasil, Nenê está muito animado com a partida.

- Esperamos que o público o receba de braços abertos.

Nenê, incluisve gravou um vídeo falando sobre o jogo. A gravação foi apresentada nesta terça-feira durante a divulgação do processo de venda de ingrressos para o jogo em outubro.

Ainda segundo Arnon, a escolha do Chicago para enfrentar o Washington deveu-se ao fato de a franquia ser muito popular no Brasil desde o início dos anos 90, quando o Bulls brilhou na NBA sob o comando de Michael Jordan.

O diretor executivo da NBA no Brasil, Arnon de Mello Neto afirmou nesta terça-feira que o Washington Wizards pediu para participar do primeiro jogo da liga americana de basquete no país. No dia 12 de outubro, a equipe do pivô brasileiro Nenê vai enfrentar o Chicago Bulls, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, em duelo válido pela pré-temporada da NBA.

- Foi um pedido específico da direção do Washington. O dono da franquia (Abe Pollin) gosta muito do Nenê e queria homenageá-lo. Quando se definiu que a NBA faria uma partida da pré-temporada no Brasil, ele foi o primeiro a dizer que queria estar aqui - disse Arnon.

Segundo o dirigente, Nenê foi o jogador que abriu as portas da NBA para os brasileiros. Então, nada mais justo do que abrir as portas para o pivô voltar a jogar em solo brasileiro. De acordo com o diretor executivo da NBA no Brasil, Nenê está muito animado com a partida.

- Esperamos que o público o receba de braços abertos.

Nenê, incluisve gravou um vídeo falando sobre o jogo. A gravação foi apresentada nesta terça-feira durante a divulgação do processo de venda de ingrressos para o jogo em outubro.

Ainda segundo Arnon, a escolha do Chicago para enfrentar o Washington deveu-se ao fato de a franquia ser muito popular no Brasil desde o início dos anos 90, quando o Bulls brilhou na NBA sob o comando de Michael Jordan.