icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
12:14

Wanderlei Silva anunciou sua aposentadoria do MMA de forma inesperada e conturbada. O brasileiro saiu do esporte sem uma luta de despedida e declarando guerra do Ultimate, evento que por muito tempo o teve como um dos maiores nomes. Meses depois, o Cachorro Louco estreou como comentarista no XFCi, que aconteceu no último sábado e foi ao ar pela REDETV!. Durante a transmissão, o presidente da franquia, Myron Molotky, fez uma proposta que pode fazer o curitibano mudar seus planos e cogitar uma volta ao esporte.

Ao final do show, onde Allan Puro Osso venceu o ucraniano Ruslan Abiltarov na decisão dos juízes, o mandatário questionou se o brasileiro "estaria pronto para fazer isso", citando a rivalidade de Wand com Sonnen. A resposta foi curta e direta.

- Se (Chael Sonnen) aceitar a luta, por que não? Eu faria isso. Por que não? Estou aqui. Vem que tem - declarou o Cachorro Louco.

Wanderlei e Sonnen são desafetos, mas nunca se enfretaram (FOTO: Reprodução)

Embora tenham protagonizado uma rivalidade histórica, onde chegaram até a ser rivais treinadores do The Ultimate Fighter Brasil 3, onde chegaram às vias de fato, Wanderlei Silva e Chael Sonnen nunca se enfrentaram. Eles chegaram a ter a luta marcada por duas vezes no UFC, mas o confronto nunca saiu do papel. Depois do início das consequentes polêmicas envolvendo casos de doping, ambos os atletas anunciaram sua aposentadoria do esporte. Será que eles voltam atrás?