icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/04/2014
15:05

Após a repercussão da briga contra Chael Sonnen no TUF Brasil 3, Wanderlei Silva se pronunciou pela primeira vez sobre a confusão nesta quinta-feira e lamentou o ocorrido. O incidente, inédito entre todas edições do The Ultimate Fighter, surpreendeu os fãs de MMA e acabaram tendo um dos técnicos do time de Wand, André Dida, como o pivô da polêmica por ter acertado o americano por trás durante a briga.

Depois de Dida ter explicado sua atitude no reality show, agora Wand foi quem defendeu o amigo. Através de uma publicação nas redes sociais, direcionada para Dida, o "Cachorro Louco" comentou que o compatriota agiu "no calor da emoção para defender um irmão". O peso-médio do UFC também ressaltou a dificuldade de conviver com Chael Sonnen e pediu desculpas aos fãs por ter deixado a rivalidade chegar a tal ponto.

- Quem tem amigo, está com ele até o fim. A ação foi errada, mas com a motivação certa de defender um irmão. Te agradeço Dida pela lealdade, pois seria muito mais fácil não ter feito nada. Sabemos que vcocêagiu no calor da emoção, sem pensar. Foi instinto de defesa. Nos conhecemos desde que tinha 12 anos de idade. Eu era como o irmão mais velho e já passamos por muitas situações juntos. Ficamos realmente unidos depois que você passou a ser um dos meus treinadores e lutamos juntos desde então! As pessoas não sabem o que foi aguentar aquele cara no TUF diariamente provocando. Só quem estava lá viu. Ali foi realmente a hora que o copo transbordou. Não somos a favor de nenhum tipo de violência. Esta semana lanço um vídeo para que o pessoal entenda o contexto, não apenas o fato isolado, que afinal foi o cara que começou a briga. Eu já tinha deixado pra lá, mas ele continuou provocando. Jamais te deixaria sozinho neste momento. Estou contigo sempre Dida. Desculpa pessoal pela má impressão que causou - postou o brasileiro.

Após todas as discussões e provocações no TUF, Wanderlei Silva e Chael Sonnen poderão tirar suas diferenças dentro do octógono no UFC 175, que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Além do confronto entre os técnicos do TUF Brasil 3, o evento conta com a disputa de cinturão dos médios entre Chris Weidman e Lyoto Machida na luta principal da noite.