icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
25/06/2014
19:40

Mesmo quando Walter emagrece, a maioria das perguntas em suas entrevistas não fala de futebol, mas de gordura. Embora tenha se acostumado, ele admite certo incômodo. Justamente por isso, disse se satisfazer ao calar os críticos.

- Parece que você fica marcado. Eu cheguei no Internacional e me cobravam. Em outros clubes também. Na verdade sempre me cobraram por isso e dei volta por cima. É muito positivo dar esta virada e calar a boca de muita gente. É bom demais. Sigo calando muito gente - exaltou o jogador que também teve uma preparação especial no período de folga durante a Copa do Mundo:

- Estava com a consciência de que tinha que me cuidar. Fiz uma mini-academia na minha garagem lá em Portugal, já que tive que resolver uns problemas no país. Depois, quando fui para o Recife ficar com minha família, corri na praia e me preparei para chegar bem já no próximo jogo do Campeonato Brasileiro.

Walter participou integralmente da rotina de treinamentos do Fluminense em Macaé nesta quarta-feira. Pela manhã, fez exercícios na academia do hotel. De tarde, no Moacyrzão, treinou posse de bola com os demais companheiros e participou do jogo de sete contra sete realizado em campo reduzido. Cabe ressaltar que assim como estava previsto, Wágner e Valencia, recuperados de problemas físicos, participaram da rotina. O meia treinou normalmente. Já o colombiano correu pelo campo. Ao lado de Walter, ambos prometem lutar por mais um título brasileiro.