icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/12/2013
16:00

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcellos, afirmou que, caso Luiz Antonio queira, poderá permanecer no Rubro-Negro. O dirigente afirmou que o jogador precisa pensar bem em seu futuro.

- Quero que ele pense bem no que ele quer fazer da vida. Se ele quiser continuar, ele pode continuar no Flamengo. Quem não quiser, a porta está aberta, desde que o clube receba por isso - afirmou o dirigente à Rádio Tupi.

Por outro lado, Wallim Vasconcellos voltou a criticar a atitude do camisa 15 e garantiu que todos foram pegos de surpresa no clube, inclusive membros do elenco.

- A situação do Luiz Antonio pegou todo mundo que tinha uma relação com ele desprevinido. Trato com ele há mais de um ano já. Outro atletas nossos se manifestaram surpresos com a atitude dele, me ligaram, ligaram para o Pelaipe, já que nós temos cumprido todos os nossos compromissos com os nossos jogadores. Ele não precisava ir à Justiça - acrescentou.

Cria das categorias de base do Flamengo, Luiz Antonio não demonstra vontade de permanecer no clube. Ele acionou o Flamengo na Justiça, na última semana. A ação corre na 16ª vara do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) e gira em torno de R$ 10 milhões. Este valor foi gerado por conta da multa compensatória, que está na casa de R$ 8 milhões (400 vezes o último salário do jogador – R$ 20 mil).

Após participar de uma pelada na noite da última segunda-feira, Luiz Antonio afirmou que só vai se pronunciar sobre a sua permanência no Flamengo no próximo dia 15.