icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2014
12:34

Com uma derrota e uma vitória desde o retorno do Campeonato Brasileiro, o Fluminense vem se adaptando a um novo estilo de jogo, com quatro jogadores técnicos no meio de campo. Dentro de campo, as atuações ainda não convenceram, mas o meia Wágner deu um prazo para os jogadores se adaptarem a esse estilo e chegarem ao ápice físico e com ritmo de jogo: quatro ou cinco jogos.

- Acho que estamos no caminho certo. Tem algumas equipes que estão muito bem, já chegaram no ápice, caso do Cruzeiro. Contra o Criciúma, entramos não tão ligados. Já contra o Santos foi desde o início. Daqui a quatro, cinco partidas, acho que vai ser o ideal. A equipe está muito bem. Se defendendo bem, atacando com velocidade - disse o jogador.

O camisa 10 também falou sobre a cobrança que o elenco vem sofrendo por boas atuações. Para o jogador, o mais importante neste momento é conseguir os resultados positivos e se manter na parte de cima da tabela. Wágner mantém o tom do discurso de Cristovão Borges de que o time deve jogar de maneira "competitiva" e ressalta que os adversários se fecham diante do Tricolor.

- O que mantém os titulares no time e o chefe no cargo são as vitórias. Sabemos que do outro lado os adversários estão se preocupando muito. Dificultam muito, jogam mais fechados. O importante no futebol é isso, vencer. Se der, jogar bem, dar espetáculo para a torcida. Mas se continuar dessa maneira, com os adversários se fechando muito, vai ser em um bolinha que vamos decidir.