icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2013
07:04

Itu foi escolhida pelo São Paulo para mandar o jogo desta quarta-feira, às 21h50, contra o Flamengo, e será a segunda cidade do interior paulista a ser visitada pelo time carioca neste Brasileiro. O que pode ser uma novidade para alguns rubro-negros, a área é bem conhecida de um quarteto do atual grupo. O LANCE!Net transmitirá a partida em tempo real.

Chicão, Elias, Paulinho e Hernane desbravaram a região caipira no início das respectivas carreiras antes de terem a primeira oportunidade em um
grande. No caso do volante Elias, a passagem pela Ponte Preta, de Campinas, em 2008, foi o trampolim para ser contratado pelo Corinthians, apesar de ter iniciado a carreira no Palmeiras, na capital.

E MAIS
> Léo Moura quer Maraca cheio, mas não quer que torcedores façam sacrifício
> 'Grito da Nação': Fim da linha para o Zé Povão
> Em treino técnico, Jayme dá pistas de que não poupará o time contra o São Paulo
> Cáceres será operado e não joga mais esta temporada pelo Flamengo

Os outros três jogadores, por sua vez, contaram, digamos, com observações mais apuradas de outros clubes que miram o interior de São Paulo como alternativa no garimpo de destaques.

Chicão, por exemplo, defendeu três clubes caipiras e depois foi parar no Figueirense, no qual se destacou e despertou a atenção do Corinthians. Neste caso, o Timão apostou na região sul do país. Paulinho e Hernane, diferentemente dos outros dois, fizeram o caminho contrário e não muito trivial. Em vez de acertarem com um grande de São Paulo, tiveram como destino o Flamengo.

As contratações dos atacantes tiveram um intervalo de quase um ano. O Brocador foi o primeiro a puxar a fila do interior paulista. E Paulinho, este ano, foi apenas um dos quatro reforços do pacotão caipira contratado pelo Rubro-Negro diante da falta de recursos.

O combinado destes jogadores com passagem pelo interior de São Paulo move, agora, o Flamengo rumo ao primeiro título da temporada – no caso, da Copa do Brasil.

Antes, porém, a missão de garantir a permanência na Série A para 2014 é prioridade. E nada melhor do que atuar em território conhecido para que o objetivo seja cumprido com êxito.