icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
28/06/2014
09:04

Na volta à cidade em que assegurou um lugar na Copa do Mundo, Bernard vive a expectativa para que o apelo dos torcedores mineiros convença Luiz Felipe Scolari a dar mais oportunidades ao jovem que despontou no Atlético-MG. Por enquanto, o meia-atacante acumula apenas 23 minutos em campo.

De opção imediata à reserva de Hulk, o jogador foi desbancado por Ramires, que vem sendo uma alternativa de variação do sistema do Brasil justamente na vaga do camisa 7. Apesar de ter atuado pouco tempo logo na estreia diante da Croácia, Bernard chegou com prestígio, na quinta-feira, a Belo Horizonte. Ele dividiu a preferência dos gritos da torcida com Neymar, Jô e Fred, os dois últimos também com laços estreitos em Minas Gerais.

- No ano passado, na semifinal, a torcida compareceu e nos empurrou a todo instante. Não vai ser diferente, espero que ela nos ajude a conseguir o objetivo de novo - disse o jogador.

As lembranças do meia remontam ao duelo contra o Uruguai. Antes do confronto, Bernard foi elogiado por Felipão. Para o técnico, a revelação "tem alegria nas pernas". No Mineirão, após os pedidos da torcida, o jogador entrou no segundo tempo e deu novo ritmo à equipe, justificando a aposta do comandante.

E não é apenas Bernard que se sentirá à vontade, caso jogue, em território mineiro. Além dele, outros sete jogadores têm alguma ligação com o futebol do estado, seja referente às origens ou a momentos recentes.

Jefferson, Maicon, Maxwell e Fred começaram a carreira em Minas Gerais. Os três primeiros foram revelados pelo Cruzeiro. O camisa 9 também despontou na Raposa, mas depois de ser descoberto pelo América-MG. Ramires, que destacou em 2007 pelo Joinville, é outro que apareceu nacionalmente após vestir a camisa celeste.

Victor e Jô, apesar de o começo ter sido por outros clubes, entraram para a história do Atlético-MG depois da conquista da Libertadores, no ano passado.

No momento em que a Seleção Brasileira espera pelo apoio do 12º jogador nas arquibancadas, o pedido é que a rivalidade seja minimizada pelos mineiros em prol de uma torcida única.

- Vemos as duas torcidas, de Atlético e Cruzeiro, apaixonados. Nessa volta ao Mineirão, eles vão nos apoiar - apostou Bernard.

LIGADOS COM MINAS GERAIS

Jefferson
Revelado pelo Cruzeiro, assumiu a titularidade da Raposa com 17 anos. Após falhas, porém, deixou o clube.

Victor
Apareceu pelo Grêmio. Contratado em 2012 pelo Atlético-MG, foi o herói no título da Libertadores em 2013.

Maicon
Revelado pelo Cruzeiro, deixou o clube em 2004 negociado com o Mônaco (FRA).

Maxwell
Também criado pelo Cruzeiro, foi negociado quando tinha 20 anos com o Ajax (HOL). Não chegou a atuar pelo profissional da equipe.

Ramires
Surgiu no Joinville, mas despontou pelo Cruzeiro, em 2007.

Bernard
Revelado pelo Galo, foi um dos destaques da Libertadores de 2013.

Fred
Revelado pelo América-MG, foi goleador no Cruzeiro antes da transferência para o Lyon (FRA).


Revelação do Corinthians, foi titular na campanha do título da Libertadores pelo Atlético-MG.