icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
15/03/2014
15:03

Alessandro conquistou inúmeros títulos pelo Corinthians, mas não poderá repetir a dose na arena em Itaquera. O ex-jogador, que acompanhou do lado de fora do campo o primeiro treinamento da equipe no futuro estádio, demonstrou vontade de pisar no gramado do palco de abertura da Copa do Mundo. O coordenador de futebol, porém, negou saudade de jogar bola.

- Não me arrependo da aposentadoria, por mais que eu tenha de ver a rapaziada treinando pela primeira vez no estádio, o que me dá vontade imensa de estar de chuteira ali dentro com eles, mas não me arrependo, não (risos) - afirmou.

- A vontade existe, óbvio, pois há menos de três meses eu ainda estava em campo. Mas eu já cobrei o Andrés (Sanchez, responsável pela obra) para arrumar um joguinho para os ex-jogadores, ele vai ter de dar um jeito para eu vestir a camisa do Corinthians mais uma vez - completou.

Em relação ao gramado, Alessandro lembrou que há uma diferença enorme para os que normalmente são utilizados no Brasil. O ex-capitão reforçou a necessidade de treinar na Arena Corinthians, já alardeada por Mano Menezes.

- A impressão foi a melhor possível, gramado é excelente, é um pouco diferente, é uma grama mais baixinha, que faz a bola rolar mais rápido. Por isso do treinamento, para que a gente possa cada vez mais se identificar com o estádio - lembrou.

Alessandro foi jogador do Corinthians por seis temporadas e conquistou oito títulos, entre eles, a Libertadores de América e o Mundial de Clubes, em 2012.