icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2013
01:05

Nem precisou da última cobrança de pênalti para Ronaldinho Gaúcho sair para o abraço e comemorar o título da Libertadores. Logo após a vitória diante do Olimpia, o jogador resumiu sua volta por cima e o retorno ao Brasil.

- Eu voltei para o Brasil para isso. Há pouco tempo diziam: 'o Jô está acabado, o Ronaldinho está acabado'. Mostramos que nem sempre o atleta é o errado. Não estou dizendo que o jogador não comete erros, mas nem sempre o erro é deles - comentou o craque.

O título da Libertadores comprovou de uma vez por todas que Ronaldinho Gaúcho está de volta. Após sair pela porta dos fundos do Flamengo, o jogador chegou desacreditado ao Atlético-MG, mas com a confiança da Massa atleticana, mostrou que pode recuperar seu futebol dos tempos de Europa.

Veja os gols do Galo campeão da Libertadores 2013

Nem precisou da última cobrança de pênalti para Ronaldinho Gaúcho sair para o abraço e comemorar o título da Libertadores. Logo após a vitória diante do Olimpia, o jogador resumiu sua volta por cima e o retorno ao Brasil.

- Eu voltei para o Brasil para isso. Há pouco tempo diziam: 'o Jô está acabado, o Ronaldinho está acabado'. Mostramos que nem sempre o atleta é o errado. Não estou dizendo que o jogador não comete erros, mas nem sempre o erro é deles - comentou o craque.

O título da Libertadores comprovou de uma vez por todas que Ronaldinho Gaúcho está de volta. Após sair pela porta dos fundos do Flamengo, o jogador chegou desacreditado ao Atlético-MG, mas com a confiança da Massa atleticana, mostrou que pode recuperar seu futebol dos tempos de Europa.

Veja os gols do Galo campeão da Libertadores 2013