icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
28/02/2015
11:43

Contra todas as expectativas e apostas que ocorrem todos os anos antes do início do Campeonato Carioca, em que a maioria sempre aponta os grandes clubes como favoritos às vagas para a fase final e decisiva da competição, o Volta Redonda já superou o Fluminense neste início de 2015. Em seis rodadas rodadas disputadas até aqui, o time da Cidade do Aço ocupa a quarta colocação na tabela de classificação, com 14 pontos ganhos, mesma pontuação de Flamengo e Vasco, segundo e terceiros colocados, respectivamente, e dois a mais que o Tricolor, que tem 12, e que está em quinto.

Apesar disso, desde 2006, quando o Madureira foi derrotado pelo Botafogo, nenhum outro clube pequeno conseguiu chegar à decisão da competição. Porém, nos turnos, tanto na Taça Guanabara - que era o Primeiro Turno, e Taça Rio, o segundo, os pequenos sempre se intrometeram nas brigas pelas taças. O Boavista, em 2011, foi o vice-campeão da Taça Guanabara, sendo derrotado pelo Flamengo, que tinha Ronaldinho Gaúcho em seu elenco. Na Taça Rio, a Cabofriense, em 2007, foi o último clube de menor investimento a disputar o título, perdido para o Botafogo.

O Volta Redonda, neste ano comandado pelo ex-auxiliar técnico de Dunga e Jorginho na Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010, Marcelo Cabo, tenta repetir o feito do time do Voltaço de 10 anos atrás, que tinha em Túlio Maravilha, artilheiro do torneio na ocasião, sua maior estrela. Na época, a equipe foi campeã da Taça Guanabara e vice-campeão estadual, perdendo o título para o Fluminense.

O trabalho redeu frutos para jogadores e para o técnico Dário Lourenço, que chegou a comandar o Vasco da Gama. Sem dinheiro para fazer grandes investimentos, Marcelo afirma que o planejamento bem feito é o segredo do sucesso.

- O bom projeto, organização e capacidade de execução é o segredo da nossa boa campanha neste início. Mas vamos com os "pés no chão" - disse Marcelo ao LANCE!Net, destacando, porém, que é possível chegar à fase final e se intrometer entre os grandes na luta pelo título:

- Sabemos que é possível. Vamos sonhar e trabalhar pela realização deste sonho. É possível. Já enfrentamos dois grandes (empatou com o Botafogo em 2 a 2 e venceu o Fluminense por 2 a 1) e podemos almejar coisas maiores.


Entre o zagueiro Alemão e o volante Jonilson, Túlio Maravilha beija a taça Guanabara, vencida em 2005 (Foto: Reprodução)

OUTROS PEQUENOS TAMBÉM SONHAM

Neste momento, além do Volta Redonda, que está quarta colocação, Madureira, com 11 pontos e na sexta posição; e o Macaé, em sétimo, com nove, também são outros times pequenos que almejam chegar à fase final do campeonato e por que não, sonhar com o título.

RODADA

Em busca de reabilitação dentro do campeonato e recuperar o espaço perdido, neste domingo, às 18h30, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Fluminense enfrentará o Resende, pela sétima rodada. Já o Voltaço visitará o Boavita, em Bacaxá, em partida programda para iniciar às 16h, no Estádio Elcyr Resende de Mendonça.

O Macaé jogará contra o Tigres do Brasil, às 16h, no Eduardo Guinle, em Nova Friburgo. Enquanto isso, o Madureira é o único a jogar neste sábado, em Conselheiro Galvão, contra o Nova Iguaçu, às 15h30.