icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/04/2014
22:47

De volta às competições oficiais após 20 meses longe das piscinas nesta quinta-feira, o americano Michael Phelps marcou seu retorno com uma medalha de prata nos 100m borboleta no Grand Prix de Mesa, no Arizona, nos Estados Unidos.

Após passar em primeiro lugar nas eliminatórias com o tempo de 52s84, Phelps foi superado na final por outro astro da natação americana, o também campeão olímpico e mundial Ryan Lochte. Ele ficou com a medalha de ouro com a marca de 51s93, a segunda melhor da temporada.

Phelps fez o tempo de 52s13, o que mostrou que o maior medalhista da história das Olimpíadas não voltou para fazer feio. O tempo o coloca como o quinto melhor do ano, ao lado do alemão Steffen Deibler.

– Eu queria muito mesmo chegar às finais. Lochte e eu gostamos muito de competir um contra o outro. Não torcemos pelo outro na piscina, é claro, mas o legal é que deixamos toda a rivalidade lá dentro – disse Phelps, em entrevista ao USA Today.

Phelps poderá fazer sua segunda prova nesta sexta-feira em Mesa. Ele está balizado para os 50m livre, mas ainda não havia confirmado presença. Se optar por competir, ele deverá nadar no estilo borboleta, o que é permitido pelas regras da natação.

Maior medalhista olímpico de todos os tempos, com 22 conquistas, Phelps não competia profissionalmente desde os Jogos de Londres, em 2012. Após faturar quatro ouros e duas de pratas, ele anunciou a aposentadoria, mas desde o ano passado já dava sinais de que voltaria a competir.

Ao participar do Grand Prix de Mesa, Phelps fica apto a disputar o US Championships, em Irvine, na California, entre 6 e 10 de agosto. Esta competição servirá de seletiva da equipe americana de natação para o Campeonato Mundial de 2015, em Kazan, na Rússia.