icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
07:31

A suspensão de Luan e a contusão de Dagoberto acarretam em uma oportunidade excelente para Ricardo Goulart. Titular no jogo diante do Náutico, neste domingo, às 18h30, no Mineirão, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o meia-atacante atuará em sua posição predileta: pelos lados do campo ofensivo.

Jogando desta forma, o camisa 31 se destacou com as cores do Goiás. Ele, portanto, garante que não será uma missão complicada.

– Atuei o ano passado inteiro assim, sei como o professor Marcelo (Oliveira) quer que eu jogue no domingo. Então, para mim, será tranquilo – disse.

E MAIS:
> Cruzeiro confirma o interesse de clube ucraniano pelo meia Diego Souza
> Agente revela desejo do Cruzeiro de contar Scocco, mas diretoria nega
> Leia mais sobre o Cruzeiro

Executar este papel pode parecer fácil para Ricardo Goulart, mas o apoiador tem uma responsabilidade enorme: manter o bom número do ataque cruzeirense, segundo melhor do Brasileirão com 12 gols.

– Tenho que dar sequência ao bom momento do ataque. Espero que eu já possa fazer os meus gols. É muito importante para qualquer jogador, mas quero ter a concentração e o equilíbrio para conseguir os três pontos – comentou.

Se mantiver o retrospecto do ano passado, quando atuou nesta função, Ricardo Goulart terá grandes chances de balançar a rede. Em 42 jogos pelo Esmeraldino, o atleta deixou a sua marca 16 vezes, sagrando-se o artilheiro da equipe.

A suspensão de Luan e a contusão de Dagoberto acarretam em uma oportunidade excelente para Ricardo Goulart. Titular no jogo diante do Náutico, neste domingo, às 18h30, no Mineirão, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o meia-atacante atuará em sua posição predileta: pelos lados do campo ofensivo.

Jogando desta forma, o camisa 31 se destacou com as cores do Goiás. Ele, portanto, garante que não será uma missão complicada.

– Atuei o ano passado inteiro assim, sei como o professor Marcelo (Oliveira) quer que eu jogue no domingo. Então, para mim, será tranquilo – disse.

E MAIS:
> Cruzeiro confirma o interesse de clube ucraniano pelo meia Diego Souza
> Agente revela desejo do Cruzeiro de contar Scocco, mas diretoria nega
> Leia mais sobre o Cruzeiro

Executar este papel pode parecer fácil para Ricardo Goulart, mas o apoiador tem uma responsabilidade enorme: manter o bom número do ataque cruzeirense, segundo melhor do Brasileirão com 12 gols.

– Tenho que dar sequência ao bom momento do ataque. Espero que eu já possa fazer os meus gols. É muito importante para qualquer jogador, mas quero ter a concentração e o equilíbrio para conseguir os três pontos – comentou.

Se mantiver o retrospecto do ano passado, quando atuou nesta função, Ricardo Goulart terá grandes chances de balançar a rede. Em 42 jogos pelo Esmeraldino, o atleta deixou a sua marca 16 vezes, sagrando-se o artilheiro da equipe.